segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Elementos Úteis Para Uma Vida Cristã Saudável

À proporção em que a quantidade de cristãos aumenta, cresce paralelamente os problemas advindos das faltas cometidas por estes, afinal de contas, a tentativa dos cristãos é ser igual a Cristo. Sabem, porém, das dificuldades que os espera nesta caminhada, haja vista a impossibilidade de seres imperfeitos chegarem à perfeição. Todavia, seguem tentando. E assim é que deve ser (1 Jo. 2.6).

Mesmo tendo um conhecimento superficial dos princípios cristãos, aqueles que não fazem profissão de fé em Cristo, cobram um comportamento ético, íntegro e respeitável daqueles que dizem ser. Pelo menos atitudes mais elevadas que aquelas que criticamos. “Não dizem que são seguidores de Cristo? Façam o que Cristo fez.” E estão corretos em fazê-lo. Se vendemos esperança em Cristo, é razoável que esperem que andemos como Cristo andou.

Somos estimulados por Deus e cobrados pelo mundo e por nós mesmos a possuir atitudes que justifiquem o “ser sal da terra e luz do mundo”.

Com este quadro, aparentemente, adverso, se faz necessário desenvolvermos nossa vida cristã de forma equilibrada e saudável. Nunca foi objetivo do Senhor impor sobre nós um fardo insuportável, pelo contrário. Ele nos concede um fardo leve que, voluntariamente, decidimos carregar: “ser um discípulo Seu”. Ele nos convida. Nós decidimos segui-lo ou não.

Para nos tornarmos seguidores saudáveis de Cristo, precisamos, pelo menos, de alguns elementos que considero indispensáveis: fé, fundamento e inteligência. Sem estes elementos viveremos a fé pela fé, seremos cristãos superficiais e massa de manobra dos homens. Um seguidor autêntico de Cristo precisa, para sua própria proteção, conhecer estes elementos e aprender a lidar com os abutres da religião (At. 17:11).

- Há um definição no dicionário que diz: "fé é a adesão absoluta do espírito àquilo que se considera verdadeiro". Na Bíblia encontramos: "fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos" (Hb. 11:1). A definição que dou aqui é: "fé é a adesão absoluta da intenção humana em alguém ou em alguma coisa que esperamos”.

Uma vida cristá se inicia com esse passo, uma espécie de vôo cego em direção a uma certeza sem apoio na realidade. Já mencionei em um texto publicado aqui, que "a fé é um salto no escuro". Quando se decide ser cristão, o fazemos com base apenas na "adesão absoluta de nossa intenção em Cristo e Suas Palavras". O que Cristo disse, acreditamos como verdade. O que Cristo promete, esperamos com ardor.

É de fundamental importância para quem deseja uma vida cristã saudável, a manutenção da absoluta adesão de nossa intenção em Cristo.

Fundamento - Mesmo sendo iniciada nesta forma abstrata (a fé), a vida Cristã não se contenta com o vazio, com a ausência de dados, com a falta de elementos que reforcem a confiança em Cristo e estimulem a certeza da verdade. Pelo contrário, a vida em Cristo se desenvolve na busca pelos fundamentos da fé e, como diz o próprio Deus, este conhecimento evitará a destruição do seu povo (Os. 4:6).

Por esta razão, somos estimulados a ler, examinar minuciosamente informações deixadas pelo próprio Deus na Bíblia, na natureza, no homem e no universo. Jesus falando sobre conhecimento disse em Mt. 13:12 - "Porque àquele que tem, se dará, e terá em abundância; mas àquele que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado", ou seja, o conhecimento de Deus que uma pessoa não cristã possui em si mesma se desvanece a proporção que ela vive distante dos mistérios de Deus (Mt. 13.11-13).

Uma vida cristã sadia é aquela que tem início num "vôo cego" e prossegue fundamentada em evidências que autenticam a verdade do caminho que escolhemos percorrer. As coordenadas deste vôo foram traçadas e expostas desde a fundação do mundo, cabendo-nos a tarefa de conhecê-las para nossa própria firmeza espiritual.

Inteligência - Os fundamentos da fé cristã são as coordenadas que, progressivamente, são reveladas à nós. Podemos viver toda a nossa vida diante das evidências e não extrairmos os elementos que fundamentam nossa vida cristã. Para que não passemos como "vales de ossos secos", precisamos de inteligência.

Sim, boa parte da inteligência é inata. No entanto, quando conhecemos a composição da inteligência, nos deparamos, dentre outros, com "memória, imaginação, juízo e raciocínio". Tem-se que, o cuidado com a memória, a diversidade no criar, a capacidade de discernir e a organização das idéias, pode-se obter quando nos dedicamos a leitura e quando ouvimos outras pessoas.

Quanto a inteligência inata ou natural, a humanidade nada pode fazer para alterar os níveis das gerações futuras, concedendo-lhes assim, excepcional capacidade de entender as coisas. É preciso destacar que nenhum ser humano nasce totalmente vazio da faculdade de compreender. O que nos faz imagem e semelhança do Criador é exatamente esta capacidade, que nos faz superior aos animais irracionais.

Nosso desafio, como disse Cristo, é buscar mais conhecimento, para compreender mais e ser mais inteligente (Mt. 13:12). E, para quem acredita na ação sobrenatural do Espírito Santo, contamos com um poderoso upgrade espiritual. É só chamá-lo em oração.

Concluindo. São tempos difíceis para o cristianismo, com "novas correntes religiosas, novos líderes carismáticos, novas unções, estratégias estranhas de persuasão, novas revelações, novas formas de penitencias", enfim, toda "má-sorte" de crendices e superstições criadas e impostas com a intenção, consciente ou inconsciente, de seguir no escuro (a fé pela fé).

Uma vida cristã saudável é aquela que aderimos a luz no escuro. Neste ato, as escamas caem dos nossos olhos e enxergamos a luz. Ato seguinte, tudo fica claro e passamos a enxergar o que não víamos. As evidências apontam o caminho e indicam o lugar final. É lá que viveremos a verdade que o conhecimento nos revelou, o objetivo final da vida cristã: morar em Deus, fonte eterna de todo bem e da felicidade.

"Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus" (Filipenses 3:13-14).

Fonte de consultas:

Biblia Sagrada
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

Nenhum comentário: