Pular para o conteúdo principal

Postagens

O Egito e Seus Faraós Entre Nós, Cristãos.

Parece que voltamos ao Egito, onde o povo de Deus, escravizado, é “obrigado” a trabalhar para sustentar a corte de Faraó. Não podiam adorar a Deus, colher alimentos e obter recursos que lhes possibilitassem cuidar dignamente de suas famílias, porque colocavam em risco o luxo e as facilidades da vida do soberano e sua côrte.
Não me refiro a aplicação lógica do texto bíblico mencionado no livro de Êxodo, que trata da escravidão do povo hebreu pelos egípcios e sua compreensão contextualizada da relação cristão e o mundo pagão. Refiro-me a vida atual do cristão e sua relação com a própria comunidade cristã e suas organizações religiosas dominantes.
Vivemos presos nos templos e desafiados a testemunhar nossa fé em Deus através dos dízimos e ofertas alçadas. Vale destacar que o mandamento de sustento da casa de Deus com dízimos e ofertas é bíblico e inclui o sustento dos sacerdotes e levitas. No entanto, é preciso compreender que “sustentar” é “manter a capacidade de seguir em frente”. É, …
Postagens recentes

É Possível Recuperar a União Familiar

Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união! [...] Ali o Senhor concede a bênção da vida para sempre (Sl. 133).


União é o ato ou efeito de se unir duas ou mais partes distintas, combinando esforços e pensamentos para um bem único.
“Então eu lhes disse: Vocês estão vendo a situação terrível em que estamos: Jerusalém está em ruínas, e suas portas foram destruídas pelo fogo. Venham, vamos reconstruir o muro de Jerusalém, para que não fiquemos mais nesta situação humilhante” (Ne. 2:17).
A corrupção humana produziu pessoas com terríveis defeitos de caráter. A Bíblia relata alguns desses terríveis defeitos em 2ª Tm. 3:2,4 – egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos e mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus.
São esses defeitos de caráter em nós que torna o ambiente familiar hostil a un…

A Poltrona de Bolsonaro

Durante a viagem para Davos, Jair Bolsonaro, “apesar do desconforto por usar uma bolsa intestinal, recusou-se a se deitar na única cama do avião.
Se todos dormiriam em uma poltrona, ele não poderia viajar com mais conforto, alegou. Um comandante não abandona a sua tropa, tem de dar o exemplo, repetiu ele”.
O episódio foi citado por Maria Cristina Frias, dona da Folha de S. Paulo, para dizer que “o mesmo raciocínio estaria por trás da inclusão de militares na reforma da Previdência”.
Jair Bolsonaro argumenta que eles têm de dar o exemplo.
Fonte: www.oantagonista.com
Sendo verdade o que cita a dona da Folha de S. Paulo, rogo aos céus que os "pastorzões" de nossas igrejas copiem o exemplo.

Sem Destruir as Camadas de Poder, Não se Vive a Unidade no Corpo de Cristo

"Destruam as camadas de poder, e assim, vocês viverão em verdadeira unidade no Corpo de Cristo."
Camadas de poder são aquelas hierarquias estabelecidas na comunidade que organiza as pessoas com base numa pretensa superioridade em relação as outras, a partir do dom que se possui. Na sociedade secular, as pessoas exercem autoridade sobre as outras em razão do cargo que lhes confere este distintivo. Jesus abordou sobre isso com seus discípulos, manifestando sua oposição a esta maneira de viver em comunidade.

"Jesus os chamou e disse: "Vocês sabem que os governantes das nações as dominam, e as pessoas importantes exercem poder sobre elas. Não será assim entre vocês. Pelo contrário, quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo, e quem quiser ser o primeiro deverá ser escravo; como o Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos" (Mt. 20:25-28).

As camadas de poder são barreiras que impedem o en…

Quem é Você? Um Título ou Um Servo?

Uma pessoa se converte a Cristo e passa a viver a experiência do primeiro amor. Dedicado a oração, consagração, estudo da Palavra de Deus, e sentindo uma chama ardendo no peito, entende o chamado comum à todos que se entregam a Cristo: "anunciar o evangelho e auxiliar os mais carentes em sua caminhada espiritual e material" (Mc. 16:15; Tg. 1:27).
Sem amarras e ganância, intrépido, se lança consciente de que, em Cristo, ele pode fazer. E faz. Passa anos assim, até que é visto pela liderança de uma organização religiosa, reconhecendo nele dom e talentos para desempenho daquelas nobres tarefas espirituais. Até aí, tudo bem.
Então, num dia qualquer, ele é apresentado à comunidade e passam a chamá-lo de "auxiliar" ou "diácono". A partir daí mergulham o pobre coitado em cursos preparatórios que, no disfarce de servir melhor à causa do Mestre, o treinam para servir a organização religiosa (podem chamar de denominação). Moldam sua mente à vertente teológica tradici…

A Guerra Acabou!

Baixem as Armas. A Guerra Acabou!

O "Sistema" Se Desespera. Mas, Cairá!

Artistas inúteis, jornalistas tendenciosos, redes de televisão manipuladoras, políticos corruptos dominantes, empresários sonegadores e escravagistas, movimentos sociais e sindicatos comprados, "intelectuais" esquizofrênicos, professores dementes e religiosos preguiçosos (pastores, padres, gurus, guias, etc.) fazem parte de uma estrutura construída ao longo de anos da dominação ideológica esquerdista, seja por força do dinheiro que os compraram, seja pela lavagem cerebral á que foram submetidos.
Esse é o "sistema" que, dominado e operado por uma fantasia (ideia socialista e comunista para sociedade), tenta impor à força seus conceitos independentemente do que pensa e deseja o nosso povo. Sem respeito a diversidade, sem tolerância com o contraditório, alargaram seus tentáculos em todos os segmentos e, estando prontos para seu golpe final, foram surpreendidos com uma população cansada da "falsa ideia de luta pelo povo" que o sistema diz encampar desde nossa …