Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

Não Há Justificativa Para Falta de Um Bom Relacionamento em Família

“Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel (1 Tm. 5:8). A família deveria ser a instituição onde melhor desfrutássemos das relações interpessoais. Digo “deveria” porque basta uma análise das relações familiares para percebermos como nos tratamos. Somos arrogantes, implicantes, arredios, insensíveis, mal-humorados, deseducados, omissos e agressivos quando tratamos com nossos pais, nossos irmãos e irmãs. A forma como nos relacionamos no ambiente familiar é tão sem nexo que, havendo um animal de estimação, o relacionamento com o animal causa inveja aos seres humanos. É o carinho diário, a preocupação com a limpeza do lugar onde costuma ficar, a atenção com a hora da alimentação, o cuidado com a recuperação nas doenças, enfim, é o interesse pessoal e a dedicação intransigente pelo seu bem-estar. Em muitas famílias, hoje, sentar à mesa é substituído pelo sentar à frente da TV e continuar ignorando o outro, é ser insensí…

José Dirceu: "Os petistas do Mensalão Não se Sentem Culpados de Coisa Alguma".

Sentir-se culpado é para quem tem boa consciência e percebe, desta forma, quando comete erros.  Assumir falhas não é para qualquer um, é para aqueles que têm coragem. Esta propagada inocência petista é fruto de dissimulados. No período da ditadura militar, quando eles tentavam implantar uma ditadura de esquerda no Brasil, o Estado Brasileiro considerava-os criminosos. Agora, em plena democracia, o Estado Brasileiro outra vez considera-os criminosos. Não aprendem. O consultor José Dirceu quer ser preso como Tiradentes. Vai ser preso como corrupto, chefe de quadrilha. Vai ser preso como aqueles bandidos sem-vergonhas que, pegos com a boca na botija, choram e gritam:"isto não é meu, está comigo, mas, sou inocente!". Cara-de-pau!!!

Que País Queremos, Ministro Celso de Mello?

Enquanto Celso de Mello não decide, fico com os Ministros Luis Fux, Gilmar Mendes, Carmem Lúcia, Marco Aurélio e Joaquim Barbosa, que se colocam contra este escárnio protelatório chamado de embargos infringentes, defendendo, assim, a honra e a dignidade deste país e do seu povo.

(No vídeo abaixo, o resumo dos votos de cada ministro).

Os demais ministros me envergonham, pois, parecem não perceberem a atual fronteira que o Brasil se encontra. Que país desejamos? O país da bandidagem, do roubo, da corrupção, da desordem, da impunidade ou das Leis, da decência, da honradez, da integridade moral? Que Deus ilumine a mente e o coração do Ministro Celso de Mello. E, como disse o Ministro Gilmar Mendes, "se Deus não der senso de Justiça, que dê ao menos senso de ridículo". Nós, brasileiros decentes, assim esperamos.

Um Governo no Escuro