quarta-feira, 6 de julho de 2011

E o STF - Supremo Tribunal Federal, hein...

- Autoriza as pesquisas com células-tronco embrionárias, mesmo com os cientistas demonstrando que apenas as pesquisas com células-tronco adultas tinham dado resultados satisfatórios.

- Liberta banqueiro e invalida as provas porque as mesmas foram adquiridas por meios ilegais, segundo eles. Ou seja, o crime aconteceu, porém, não pode punir porque as provas foram conseguidas olhando pelo buraco da fechadura (só faltou mandar prender o MM Juiz e o delegado que olharam pelo buraco da fechadura. Até que tentaram).

- Reconhece a união estável entre homossexuais. O guardião da Constituição disse que a Constituição Brasileira, em seu artigo que trata do assunto, não vale de nada. Podemos fechar o Congresso Nacional (pelo menos se economiza um dinheirão).

- Reconhece como legítimo abrigar em nosso país um bandido italiano, condenado pela Justiça Italiana, por ter assassinado 04 (quatro) pessoas.

- Autoriza a realização de manifestação a favor da descriminalização da maconha. Ok, senhores que estão a margem da sociedade, podem ir para as ruas defender a descriminalização do roubo, da pedofilia, da corrupção, do assassinato, enfim, de qualquer coisa (A polícia já está orientada a não interferir). Não há mais diferença entre o que é legal do que é ilegal, afinal, defender a descriminalização da maconha é como defender a “droga” do cafezinho na esquina (foi um dos ministros do Supremo que disse mais ou menos isso).

O que está faltando agora? Hummmm...

Chamar um monte de psiquiatras, colocar lá dentro, jogar fora todas as canetas que encontrarem, fechar as portas do STF, passar a corrente, deixar de molho um tempo, só para ver se encontram algum tratamento ou remédio que resolva.

Nenhum comentário: