Pular para o conteúdo principal

Corrupção Brasileira - Onde Estão os Caras-pintadas ou os Indignados?


FOMENTO:

Já está passando da hora de nós, evangélicos e, por extensão, todos os cristãos brasileiros, movidos pela fome e sede de justiça, incorporarmos nas "Marchas Para Jesus", e através da ação dos líderes das inúmeras denominações religiosas existentes, nossa indignação quanto aos desmandos, os atos de corrupção e todas as injustiças praticadas neste país, cujas maiores vítimas, é seu próprio povo.

"Quando vocês fizerem uma dessas coisas (dar comida, bebida, agasalho, proteção, apoio, etc) aos pobres, aos prisioneiros, aos doentes, estarás fazendo para mim mesmo" (Jesus Cristo - Mt. 25).

A corrupção retira do Estado os recursos que deveriam ser canalizados para atendimento as carências da população. Quando defendemos esses recursos, estamos, diretamente, restaurando as condições para fornecimento de comida, bebida, agasalho, remédios, presídios melhores e mais humanizados, enfim, estaremos atendendo a orientação do Senhor quanto as necessidades desses pequeninos.

Além disto, o Senhor lembrou que, "se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria, e não deixaria minar a sua casa" (Lc. 12:39).

Muito prazer. Sou brasileiro e amo meu país e o meu povo.

Pensemos nisto.


Comentários

Concordo Eliel. Espiritualizamos muito ou tudo, e esquecemos de nosso papel como Igreja de Cristo. Esquecemos que em diversas passagens da Bíblia, o próprio Deus denunciou a corrupção e a injustiça social no meio de seu povo e em outras nações, basta lermos Amós.
Eliel Teixeira disse…
Meu caro Pastor,

Acredito que conseguiremos formatar uma consciência mais próxima do que seja "protestantismo" em nosso povo. É um trabalho de formiguinha. Cada um faz a sua parte e conseguiremos melhorar nosso povo e nossa nação. "Quando um justo governa o povo se alegra, mas, quando o ímpio governa, o povo suspira" (Pv. 29:2).

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

Cristo Está Morto! ...de Vergonha.

As Assembleias de Deus na Bahia foi construída sobre os ombros de homens e mulheres altruístas e dedicados que seguiam os conselhos bíblicos com a radicalidade exigida de quem, verdadeiramente, se converteu a Cristo. Foi desta forma que ela cresceu, se consolidou e tornou-se referência de conduta cristã e legítima representante do movimento pentecostal. Seu povo, ordeiro, decente e piedoso, nutria profundo respeito da população por serem responsáveis, honestos, humildes e fiéis.
Mas o crescimento trouxe consigo o desassossego de uma estrutura cada vez maior para suportar um organismo em expansão. A quantidade cada vez maior de congregações exigia mais esforços de sua liderança, pois, com uma administração centralizada, a mobilidade e os recursos passam a ser compartilhados para sustentar a própria estrutura administrativa. É essa estrutura administrativa que, no afã de conceder segurança futura aos seus ministros, fundam uma associação de pastores, conhecida como Convenção.
Órgão com ab…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…