Pular para o conteúdo principal

Parabéns à Assembleia de Deus

Em seu centenário, a Assembleia de Deus tem muito o que comemorar. Foram milhares, para não dizer milhões, de vidas transformadas pela pregação do evangelho do Senhor Jesus Cristo através das vidas de homens simples abrigados nesta importante e singela denominação. Diga-se de passagem, a maior denominação evangélica do Brasil.

Desde Gunnar Vingren e Daniel Berg, a pregação do evangelho de forma simples e poderosa por parte dos assembleanos retirou milhares de pessoas da sarjeta, libertou milhares de outras das drogas lícitas e ilícitas, restaurou famílias, educou crianças e adolescentes, foi canal de estabilização social e, enfim, do resgate de vidas para Deus, livrando-as do inferno.

As mazelas pontuais de hoje não invalidam este fato, nem tiram dessa denominação seu crédito e sua importante obra. Pelo contrário, pois, paralelo ao seu crescimento vertiginoso, era esperado que o inimigo de nossas almas infiltrasse joio no meio do trigo. Todavia, fruto do trabalho qualitativo de homens e mulheres sinceras e simples, que subiam e desciam para levar a preciosa semente e firmar passos frágeis na oração, a Assembleia de Deus chega ao seu centenário forte e ainda respeitada pela sociedade brasileira.

Os meios em que os desafios se apresentam podem ter mudado, haja vista que com o avanço da ciência e, consequentemente, das tecnologias, se faz necessário uma adequada utilização das formas mais modernas para proclamação do evangelho de Jesus Cristo, no entanto, a necessidade da atuação das Assembleias de Deus no Brasil permanece inalterada. Isto porque, nitidamente, os ardis mudaram. As forças das trevas atuam não apenas na "incredulização" dos brasileiros, mas, também, no estabelecimento de leis que, primeiro, limitem, e depois, impeçam a livre pregação do evangelho.

O papel da Assembleia de Deus é singular, pois dentro do contexto brasileiro, é um referencial de gente que defende o evangelho de Jesus Cristo, e não se limita no que diz respeito a conhecer e prosseguir conhecendo ao Senhor.

Parabéns a todos os assembleanos, em particular, aos pastores e demais obreiros e obreiras sinceros que prosseguem na defesa do evangelho dentro desta denominação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…

QUANDO É HORA DE MUDAR DE IGREJA

Igreja, genuinamente falando, é aquele lugar onde se reúne um grupo de seguidores de Cristo com objetivo de adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (At. 2:40-47). Foi com esta clara missão em mente que o apóstolo Paulo informa-nos que Deus colocou à nossa disposição os dons espirituais, a fim de edificarmos uns aos outros e estarmos aparelhados para proclamação do evangelho. Tiago esclarece outro ponto principal da igreja, dizendo que a verdadeira religião é cuidar das viúvas e dos órfãos nas suas necessidades. Por fim, as características da igreja primitiva que a tornou marcante, referência de igreja bíblica, foi que eles tinham tudo em comum e ninguém sentia falta de nada, eram solidários no partir do pão, desfrutavam da comunhão e comungavam da doutrina dos apóstolos, esta, por sua vez, Cristocêntrica.

No domingo passado fui à igreja com minha família e contei. Numa rua com, aproximadamente, quinhentos (500) metros de comprimento, cerca de treze (13…