sexta-feira, 17 de junho de 2011

Mais Claro, Impossível: "Deus Condena o Homossexualismo/Lesbianismo".

Gênesis 19:4-8

“E antes que se deitassem, cercaram a casa, os homens daquela cidade, os homens de Sodoma, desde o moço até ao velho; todo o povo de todos os bairros. E chamaram a Ló, e disseram-lhe: Onde estão os homens que a ti vieram nesta noite? Traze-os fora a nós, para que os conheçamos. Então saiu Ló a eles à porta, e fechou a porta atrás de si, E disse: Meus irmãos, rogo-vos que não façais mal; Eis aqui, duas filhas tenho, que ainda não conheceram homens; fora vo-las trarei, e fareis delas como bom for aos vossos olhos; somente nada façais a estes homens, porque por isso vieram à sombra do meu telhado”.

(Conheçamos = manter relação sexual; não conheceram =  são virgens) A evidência da degradação moral e do pecado extremo vislumbrado no texto mencionado foi o homossexualismo. Os homens não se interessaram pelas filhas de Ló, porque queriam manter relações com os anjos abrigados na casa dele. Sodoma e Gomorra foram destruídas porque seus pecados estavam no limite do suportável.

Levitico 20:13

“Quando também um homem se deitar com outro homem, como com mulher, ambos fizeram abominação; certamente morrerão; o seu sangue será sobre eles”.

Sem comentário.

Romanos 1:18-32

“Porque do céu se manifesta a ira de Deus sobre toda a impiedade e injustiça dos homens, que detêm a verdade em injustiça. Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm; Estando cheios de toda a iniqüidade, prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade; Sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais e às mães; Néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia; Os quais, conhecendo a justiça de Deus (que são dignos de morte os que tais coisas praticam), não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem”.

Como dito por Paulo, a divindade passa a ser conhecida pelas coisas criadas. Como os homens estão adotando suas mentiras invés das verdades divinas, tentam aquietar suas consciências na falsa premissa de que, pelo fato de Deus ser amor, jamais irá punir sua criação. O homossexualismo não é criação de Deus. A desculpa de que os homossexuais nascem assim é engodo. Basta perceber que por esta desculpa os pedófilos podem encontrar justificativa para suas práticas: "É algo que está dentro de mim", "não consigo resistir", "tenho esta inclinação desde que nasci", etc.

O homossexualismo / lesbianismo é desvirtuamento moral praticado a partir de uma escolha, inflamados e respaldados por uma propaganda massiva que implanta o tal "politicamente correto" a partir de quem detêm o controle dos meios de comunicação.

1 Coríntios 6:10

“Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus”.

Quer que desenhe?

Vale salientar que não só o homossexualismo é condenado por Deus. Outras práticas também o são, sejam praticados por religiosos ou pagãos, sendo dignos de morte (morte gerada pelo pecado) como dito por Paulo no texto anterior (Rm 1). E o conselho da Bíblia "para todos os homens (gênero humano), em todo o lugar, (é) que se arrependam" (At. 17:30).

Mateus 24:38-44

“Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem. Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro; Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra. Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor. Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis”.

Quem se esforça em ler a Bíblia com cuidado, pode entender perfeitamente o que Jesus está dizendo. O contexto social da época determinava que era o pai quem liberava a mulher para casar com um homem, daí, quem casava com a mulher era o homem. Quando Jesus aplica a expressão "casavam e davam-se em casamento", informa que na época precedente ao dilúvio, os homens se "davam" em casamento, numa alusão ao homossexualismo. Outra vez aparece na Bíblia como fator determinante de destruição o pecado extremo expresso no homossexualismo.

Devemos utilizar a mesma compreensão para entender a amizade entre Davi e Jônatas, já que alguns desavisados e outros providos de má-fé distorcem o contexto bíblico para insinuar que havia uma relação homossexual entre os dois. Basta uma olhada nos textos colocados no início deste post para entender que o homossexualismo era veementemente condenado entre os hebreus. Daí, patente a impossibilidade do envolvimento de Davi numa relação deste tipo ao mesmo tempo em que era escolhido por Deus para liderar seu povo.

Reafirmo que as pessoas têm o direito de escolherem o que quiserem para suas vidas, inclusive de serem homossexuais ou lésbicas. O limite é a tentativa de impor aos demais, principalmente crianças e adolescentes, suas escolhas pessoais. É a tática adotada por alguns grupos de LGBT's, e para isto, alguns estão querendo se utilizar de Deus como fiador de suas práticas, inclusive alguns e algumas se dizendo pastores e pastoras.

Vivam suas vidas como quiserem, mas, "deixem Deus fora disso". Não podem forçar a barra tentando fazer crer que Deus concorda com eles. Se a Bíblia é a Palavra de Deus, Ele condena o homossexualismo / lesbianismo.

Ops! Não Fui eu Que Escrevi a Bíblia.

Um comentário:

Frankmar Corrêa disse...

A Bíblia diz que o Homossexualismo é pecado.
Deus proibiu as praticas Homossexuais.
A Bíblia diz que os Homossexuais Não Herdarão o Reino de Deus.