quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

O Caldeirão do Huck Profanou a Música Gospel?

Huck mistura gospel com peladas e irrita evangélicos; assista
Huck mistura gospel com 'peladas' e irrita evangélicos.

Em iniciativa um tanto inusitada, o "Caldeirão do Huck" do último sábado trouxe pela primeira vez dois convidados da música gospel (Ana Paula Valadão e Pregador Luo). Nada encabrunhou os artistas, que louvavam a Jesus enquanto as assistentes do programa, apenas de biquíni, rebolavam à beira da piscina.

Cercado de 'coleguinhas', como Huck chama suas assistentes, o rapper Pregador Luo não se fez de rogado também, tirando uma fã (de canga) para dançar abraçadinha, no palco da atração (Quem quiser ver o vídeo acesse : http://www.pbagora.com.br/conteudo.php?id=20120103171149&cat=brasil&keys=huck-mistura-gospel-peladas-irrita-evangelicos-assista).

Comento:

Do ponto de vista evangelístico, nada pode ser falado quanto a "estar entre eles" realizando o trabalho de evangelizá-los. A questão de estar (as moçoilas) em roupas minúsculas, dizem respeito a elas e sua capacidade de não se sentirem mal expondo o corpo como filé em açougue.

Do ponto de vista sacro, o rapper, Pregador Luo, foi além do que deveria. O Luciano Huck, apresentador do programa, acreditar e apresentar a atração como a "mistura do santo com o profano" é um problema exclusivamente dele e de quem o dirige, porém, cabe aos cantores evangélicos se imporem e não aceitarem "promiscuidades espirituais" que denigrem o evangelho do Senhor Jesus Cristo.

Essa coisa de Globo e Gospel juntos só encontrarão unidade de essência no "G", pois, é impossível luz e trevas estarem num mesmo lugar sem que um ceda espaço ao outro.

Cabe ainda alertar aos cantores evangélicos que, se eles não se colocarem como defensores do "sagrado", não serão os pagãos que o farão. Ao contrário, cada um receberá suas "trinta moedas de prata" e que O santo seja entregue para o vilipêndio.

Nenhum comentário: