sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

A Ideologia Petista Invade as Escolas Públicas. Que as Igrejas Invistam em Escolas Cristãs Particulares.

Há um risco iminente pairando sobre nossos filhos e filhas, principalmente, adolescentes e jovens. Estamos há mais de dez anos sob governo do Partido dos Trabalhadores e, como sabemos, eles possuem uma agenda para busca do poder totalitário. Ditadura mesmo. A essência do partido aparece exatamente quando ele se acostuma com as entranhas do poder estatal e paga qualquer preço para atingir seus objetivos. Nisto se confirma ter sido a luta contra a ditadura não um desejo por um estado democrático, mas, sim, apenas a mudança do tipo de ditadura. Invés de militar, do proletariado.

Como o Brasil não se assemelha com países aprisionados pelo bolivarianismo, a agenda encontra resistência no jornalismo independente e em determinados segmentos sociais. Não é sem razão que algumas figuras palacianas afirmam seu descontentamento com esses grupos.

Apesar de alguns cristãos terem sido cooptados pelo poder petista, o segmento cristão está incluso entre aqueles que precisam ser combatidos. Um secretário-geral da Presidência da República chegou a afirmar que eles devem se voltar para o confronto com o segmento religioso cristão, disputar o espaço ocupado pelo cristianismo nas mentes e corações das pessoas. Para que alcance tal objetivo, empreendem ações no campo da ética, da moral e dos costumes que visam desconstruir as crenças dos brasileiros.

Como estão determinados e encontram resistência nas mentes mais maduras, voltam suas baterias para crianças, adolescentes e jovens. Como e onde podem encontrar e modificar a consciência juvenil? Através da mídia e na escola. Na mídia eles conseguem se infiltrar pelo poder econômico, tornando grandes veículos de comunicação reféns de seus interesses, porém, na escola, exige-se um tempo maior em razão de nem todos os educadores serem formados nas bases petistas.

Aborto, homossexualismo, subserviência e rebeldia são elementos que pretendem incutir nas mentes e nos corações dos estudantes brasileiros, a fim de tornar mais fácil a implementação de políticas totalitárias que os perpetuarão no poder. Desejam "quebrar" a resistência moral e ética cristã que os filhos recebem de seus pais na família. É por esta razão que, numa outra frente, invadem as famílias com leis que interferem diretamente na educação dos filhos.

Mas, o que podemos fazer para imunizarmos nossos filhos contra esta influência maligna? As igrejas devem investir em escolas e universidades cristãs, formando médicos, magistrados, cientistas e intelectuais cristãos que irão contrapor as ideologias e as crenças esquerdistas utilizando como base não apenas a Bíblia, mas, também, a própria ciência. Como disse o Professor Doutor Louis Pasteur: "Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima."

Os líderes religiosos devem parar de investir apenas em templos e mídia, devem voltar suas mentes para o planejamento de ações que salvem nossa geração e a geração futura, e uma boa opção é construir escolas e universidades. Os filhos das famílias cristãs precisam ter um lugar adequado para estudar, pois, hoje, com a ausência desta opção, estão sendo empurrados para colégios públicos degradados, permeados pelas drogas e violência, inutilizados pela baixa qualidade do ensino e usurpados pela ideologia esquerdista que visa desconstruir a consciência cristã nas futuras gerações. Enquanto os pastores se esforçam para ensinar as verdades sagradas nos templos, o Ministério da Educação do PT está tentando incutir a incredulidade e a imoralidade nas escolas públicas.

A Constituição Federal Brasileira nos concede liberdade de pensamento e crença. Portanto, Srs. Pastores, parem de gastar dinheiro e energia em futilidades, vamos cumprir nosso papel de transformar a sociedade pela renovação de nossas mentes (Rm. 12:2). Que tal começar a transformar a sociedade cuidando dos nossos filhos?

Nós, pais cristãos, e nossos filhos, agradecemos.

Nenhum comentário: