segunda-feira, 15 de agosto de 2011

A Razão é Amiga

  • A razão é amiga da autoridade divina, que não pode enganar nem ser enganada, mas não necessariamente da autoridade humana, das fábulas e dos modismos;
  • A razão é amiga da fé na autoridade divina, mas não da ingenuidade. Portanto, a razão leva à fé e afasta-nos das seitas;
  • A razão é amiga da esperança, mas não do mero desejo humano;
  • A razão é amiga do amor ágape, mas não do eros (amor egoísta);
  • A razão é amiga e, ao mesmo tempo, um complemento das representações, dos símbolos e dos mitos que revelam a verdade, mas não de imagens impossíveis, de fantasias esotéricas ou de misticismos nebulosos.
(Transcrito do Manual de Defesa da Fé - Peter Kreeft / Ronald K. Tacelli)

Nenhum comentário: