segunda-feira, 25 de março de 2013

Que Democracia é Esta?

Apresentadora Rachel Sheherazade causa indignação entre artistas do SBT

Funcionários pensam em fazer um abaixo-assinado batizado de "Rachel não nos representa", que será encaminhado à direção da emissora.
25.03.2013 | Atualizado em 25.03.2013 - 09:25

Da Redação

Um grupo de funcionários do SBT, entre eles alguns artistas da emissora, está descontente com alguns comentários feitos pela âncora Rachel Sheherazade no "SBT Brasil".

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, os funcionários pensam em um abaixo-assinado batizado de "Rachel não nos representa", que será encaminhado à direção da emissora. O SBT diz não conhecer a iniciativa.

À publicação, o diretor de jornalismo do SBT, Marcelo Parada, disse que qualquer âncora da emissora tem plena liberdade para emitir opiniões.

Entre os motivos que podem ter despertado a revolta dos funcionários, está a defesa da jornalista à nomeação do deputado federal Marcos Feliciano à Comissão dos Direitos Humanos.

Fonte: www.correios24horas.com.br

Funcionários e alguns artistas? Quantos funcionários tem o SBT? Quem são os tais "artistas?" Qual o percentual dos que "pretendem" assinar o abaixo-assinado? Ah, sei. Os funcionários "pensam" em fazer o abaixo-assinado? Ah, entendi. Publica-se uma notícia apenas para fazer oposição a uma opinião contrária a "agenda" (Leia-se: "agenda gay, pró-aborto, pró-liberação das drogas, a favor da presidente Dilma, da copa do mundo, etc."), afinal, a turma que coordena esta agenda está acima do bem e do mal.

Deixe-me fazer a pergunta que não quer calar: Se a opinião da jornalista Rachel Sheherazade fosse condenando a nomeação do Pr. Marcos Feliciano, também haveria abaixo-assinado contra ela a ser proposto por aqueles que concordam com ela agora? Ou são todos os funcionários do SBT que não concordam com a opinião emitida? 

(A jornalista Rachel Sheherazade tem meu respeito e apreço pela independência e coragem com que emite opiniões "fora da panela".)

Agora me digam, que democracia é essa que só aceita opinião se for favorável ao pensamento dominante? Onde está a tão propagada e requerida "tolerância?"

Quem quiser que se iluda com a pretensa "democracia brasileira". Ela, cada vez mais, tem cara de democracia e o espírito de ditadura fascista. É esse o regime que a famigerada turma da esquerda sonha e se sente bem.

Povo brasileiro, abra os olhos antes que seja tarde demais. As eleições virão e, mais uma vez, podemos corrigir os rumos de nossa nação. Vamos votar consciente do país que queremos deixar para futuras gerações. Uma nação livre ou subjugada pela ditadura da opinião dominante?

Nenhum comentário: