Pular para o conteúdo principal

Que Democracia é Esta?

Apresentadora Rachel Sheherazade causa indignação entre artistas do SBT

Funcionários pensam em fazer um abaixo-assinado batizado de "Rachel não nos representa", que será encaminhado à direção da emissora.
25.03.2013 | Atualizado em 25.03.2013 - 09:25

Da Redação

Um grupo de funcionários do SBT, entre eles alguns artistas da emissora, está descontente com alguns comentários feitos pela âncora Rachel Sheherazade no "SBT Brasil".

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, os funcionários pensam em um abaixo-assinado batizado de "Rachel não nos representa", que será encaminhado à direção da emissora. O SBT diz não conhecer a iniciativa.

À publicação, o diretor de jornalismo do SBT, Marcelo Parada, disse que qualquer âncora da emissora tem plena liberdade para emitir opiniões.

Entre os motivos que podem ter despertado a revolta dos funcionários, está a defesa da jornalista à nomeação do deputado federal Marcos Feliciano à Comissão dos Direitos Humanos.

Fonte: www.correios24horas.com.br

Funcionários e alguns artistas? Quantos funcionários tem o SBT? Quem são os tais "artistas?" Qual o percentual dos que "pretendem" assinar o abaixo-assinado? Ah, sei. Os funcionários "pensam" em fazer o abaixo-assinado? Ah, entendi. Publica-se uma notícia apenas para fazer oposição a uma opinião contrária a "agenda" (Leia-se: "agenda gay, pró-aborto, pró-liberação das drogas, a favor da presidente Dilma, da copa do mundo, etc."), afinal, a turma que coordena esta agenda está acima do bem e do mal.

Deixe-me fazer a pergunta que não quer calar: Se a opinião da jornalista Rachel Sheherazade fosse condenando a nomeação do Pr. Marcos Feliciano, também haveria abaixo-assinado contra ela a ser proposto por aqueles que concordam com ela agora? Ou são todos os funcionários do SBT que não concordam com a opinião emitida? 

(A jornalista Rachel Sheherazade tem meu respeito e apreço pela independência e coragem com que emite opiniões "fora da panela".)

Agora me digam, que democracia é essa que só aceita opinião se for favorável ao pensamento dominante? Onde está a tão propagada e requerida "tolerância?"

Quem quiser que se iluda com a pretensa "democracia brasileira". Ela, cada vez mais, tem cara de democracia e o espírito de ditadura fascista. É esse o regime que a famigerada turma da esquerda sonha e se sente bem.

Povo brasileiro, abra os olhos antes que seja tarde demais. As eleições virão e, mais uma vez, podemos corrigir os rumos de nossa nação. Vamos votar consciente do país que queremos deixar para futuras gerações. Uma nação livre ou subjugada pela ditadura da opinião dominante?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

Cristo Está Morto! ...de Vergonha.

As Assembleias de Deus na Bahia foi construída sobre os ombros de homens e mulheres altruístas e dedicados que seguiam os conselhos bíblicos com a radicalidade exigida de quem, verdadeiramente, se converteu a Cristo. Foi desta forma que ela cresceu, se consolidou e tornou-se referência de conduta cristã e legítima representante do movimento pentecostal. Seu povo, ordeiro, decente e piedoso, nutria profundo respeito da população por serem responsáveis, honestos, humildes e fiéis.
Mas o crescimento trouxe consigo o desassossego de uma estrutura cada vez maior para suportar um organismo em expansão. A quantidade cada vez maior de congregações exigia mais esforços de sua liderança, pois, com uma administração centralizada, a mobilidade e os recursos passam a ser compartilhados para sustentar a própria estrutura administrativa. É essa estrutura administrativa que, no afã de conceder segurança futura aos seus ministros, fundam uma associação de pastores, conhecida como Convenção.
Órgão com ab…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…