terça-feira, 26 de março de 2013

O Partido Social Cristão - PSC, Reafirma Pr. Marcos Feliciano Como Presidente da Comissão de Direitos Humanos

Dep. Everaldo Pereira
Nesta terça-feira, o vice-presidente nacional do PSC, Everaldo Pereira, anunciou que o partido irá manter o apoio ao presidente da Comissão de Direitos Humanos, Marco Feliciano (PSC-SP), para permanecer no comando do colegiado.

"...quero dizer para todas as senhoras e senhores, para a Nação Brasileira, que o PSC é um partido que não segrega, não exclui, não discrimina ninguém. É um partido que se norteia por princípios cristãos e não abre mão disso.

O deputado federal Marco Feliciano, eleito com quase 212 mil votos pelo Estado de São Paulo, está na legitimidade do seu mandato, não tem nenhuma condenação do Supremo Tribunal Federal. Foi uma escolha da bancada colocá-lo à frente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, e nós, do PSC, entendemos que ele não é racista e nem homofóbico. Podem até ter havido declarações inconvenientes, mas, repito, Marco Feliciano não é racista, nem homofóbico, entendemos assim. E quero aqui reafirmar que o PSC e seus representantes não são racistas, nem homofóbicos, não discriminamos ninguém.

O PSC age pela paz, pela democracia, pela tolerância, por compreender as pessoas. Respeita as diferentes opiniões, respeita as divergências de opinião.

(...)

Vamos para a Comissão dos Direitos Humanos e Minorias colocar em pauta questões de interesse da sociedade, que preservem os direitos e deveres de todos. E não podemos nos esquecer de que todos os assuntos na CDHM são discutidos e votados. Quando outros dirigiram a comissão tudo era decidido no voto. E assim continuará. Democracia é voto. Democracia não é grito, nem ditadura.

Respeitamos a todos e gostaríamos que também nos respeitassem.

(...)

Então eu quero pedir, respeitosamente, que as lideranças dos Partidos desta Casa respeitem a indicação do PSC e peçam a seus militantes que protestem de maneira respeitosa. Não fazemos ameaças, mas se fosse preciso convocar 100, 200, 300, 500 ou mais militantes que pensam como nós, também convocaríamos. Mas o PSC é pela paz, pela harmonia, queremos o entendimento.

O deputado Feliciano já se desculpou por colocações mal feitas. Qualquer um pode deslizar nas palavras, pode errar. Informamos aos senhores e senhoras que o PSC não abre mão da indicação feita pelo partido. Avaliza e, repito: não abre mão da indicação feita. O deputado Marco Feliciano foi eleito por maioria dos membros da comissão. Se ele estivesse condenado pelo Supremo, nem indicado seria. Feliciano é um deputado “ficha limpa”, tendo então todas as prerrogativas de estar na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

O PSC defende a vida, a família e os direitos humanos de todos, inclusive das minorias. O PSC defende a liberdade de imprensa de forma responsável.

Deus ilumine, proteja e abençoe a família brasileira.

Fonte: Site do Partido Social Cristão

É isso. Mas, de todo modo, os intolerantes-gays tem o direito, como todos os outros,  ao jus sperniandi.

Nenhum comentário: