Pular para o conteúdo principal

Os Brasileiros Decentes Devem Apoiar o STF na Condenação dos Mensaleiros do PT

Chegou a hora de exercermos efetivamente nossa cidadania. Está mais que na hora de agirmos na defesa do bem público, protegendo-os dos ardilosos egoístas, que travestidos de autoridades públicas, depenam nosso patrimônio e retiram do Estado Brasileiro a capacidade de prestar melhores serviços à sua população.

Ao longo da existência da república, estamos sendo alimentados pelo pão que compra nossa consciência e nosso voto. Apesar dos mensalões dos políticos desonestos e da roubalheira institucionalizadas, foram nos distraindo com uma importância exacerbada do futebol, das novelas e dos BBB's que idiotizam a população e os fazem perder a percepção de que estão roubando o dinheiro que conquistamos com muito suor e lágrimas.

A alta carga tributária brasileira deveria ser melhor utilizada no atendimento à saúde, no sistema de segurança, na moradia, no saneamento básico e, pricipalmente, na educação despartidarizada de nossa população. No entanto, insistem em nos considerar um bando de imbecis que não percebem a sangria do dinheiro público, hoje a olhos vistos, através de obras faraônicas como estádios de futebol, usinas hidrelétricas e metrôs. Obras estas que, intermináveis, são aditivadas para aumentar o fluxo de dinheiro que se perde na falta de fiscalização, permitindo aos bandidos roubar a saúde, a segurança, a moradia e a educação dos brasileiros.

O STF - Supremo Tribunal Federal demonstra que chegou a hora de se colocar um ponto final nesta prostituição bandida implementada na relação corrupta de políticos brasileiros e seus parceiros empresários.

Ao revelar os ardis, a tramamóia, os conchavos escondidos por trás das propagandas eleitorais, o Supremo Tribunal Federal conclama os brasileiros a se animarem e se unirem no apoio a sua decisão de varrer o lixo da corrupção para a cadeia, não para debaixo do tapete ou para uma mesa de pizzaria.

Que os homens e mulheres de bem deste país se levantem e digam: "Não aceitamos que nos roubem!"

Nas próximas eleições devemos levantar e assumir os destinos de nossa nação, pois, da mesma forma que outrora concedemos um voto de confiança aos nossos representantes, agora, excluiremos os maus, numa tentativa de separar o joio do trigo.

Como a roubalheira protagonizada pelo PT é a bola da vez, é mais do que propício que os brasileiros confirmem, através das urnas, que apoia a limpeza na política brasileira e suas relações com o bem público e privado. É HORA DE DARMOS UMA LIÇÃO NO PT, NÃO VOTANDO NOS CANDIDATOS APRESENTADOS POR ELE.

Nós não os conduzimos ao poder para se utilizarem da república e da democracia como amparo ao projeto de poder partidário e pessoal dos seus agentes. Nós os conduzimos ao poder para serem nossos representantes na defesa dos interesses do Brasil e dos brasileiros.

Que os demais partidos coloquem suas barbas de molho, pois, o benefício da dúvida não durará para sempre. A vez deles chegará.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…

QUANDO É HORA DE MUDAR DE IGREJA

Igreja, genuinamente falando, é aquele lugar onde se reúne um grupo de seguidores de Cristo com objetivo de adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (At. 2:40-47). Foi com esta clara missão em mente que o apóstolo Paulo informa-nos que Deus colocou à nossa disposição os dons espirituais, a fim de edificarmos uns aos outros e estarmos aparelhados para proclamação do evangelho. Tiago esclarece outro ponto principal da igreja, dizendo que a verdadeira religião é cuidar das viúvas e dos órfãos nas suas necessidades. Por fim, as características da igreja primitiva que a tornou marcante, referência de igreja bíblica, foi que eles tinham tudo em comum e ninguém sentia falta de nada, eram solidários no partir do pão, desfrutavam da comunhão e comungavam da doutrina dos apóstolos, esta, por sua vez, Cristocêntrica.

No domingo passado fui à igreja com minha família e contei. Numa rua com, aproximadamente, quinhentos (500) metros de comprimento, cerca de treze (13…