Pular para o conteúdo principal

A Inversão de "Valores" de Cristo

Porque a vida se tornou tão cansativa? Porque os homens, apesar dos avanços tecnológicos, não conseguem satisfazer seus anseios de felicidade? Porque, invés de avanços no trato humano, há retrocessos?

è   Pv 14:12 – “Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte.”

Escolheram caminho mais longo e difícil.

è   Ec 7:29 – “Eis aqui, o que tão-somente achei: que Deus fez ao homem reto, porém eles buscaram muitas invenções.”

Os homens quanto mais tentam se organizar enquanto sociedade, mais se engessam em conceitos pesados e insuportáveis. A desobediência civil, para o homem natural, é hoje a única válvula de escape das amarras dos compromissos escravizantes e infelizes criados por ele mesmo.

è   Mt 11:28-30 – “Vinde a mim, todos os cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e meu fardo é leve”.

O homem complica, Deus descomplica; O homem se sobrecarrega, Deus os alivia; O homem perde sua vida, Jesus o restaura e salva. A melhor forma de percebermos isto é observarmos a “inversão de valores de Cristo”.

A inversão de valores proposto por Cristo tem o objetivo de descomplicar nossa vida, tornando nosso “jugo mais suave e nosso fardo leve”.

1ª Inversão – Invés de se preocupar com coisas terrenas, primeiro cuide das coisas espirituais.

è   Mt 6:33 – “Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”.

2ª Inversão – Antes de julgar teu irmão, julgue a si mesmo.

è   Mt 7:3-5 – “E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.”

3ª Inversão – Quem quiser ser o primeiro, seja o último e servo de todos.

è   Mt 20:27 – “e quem dentre vós quiser ser o primeiro, seja vosso escravo.”

è   Mc 9:35 – “Ele, assentando-se, chamou os doze, e lhes disse: Se alguém quiser ser o primeiro, será o último e servo de todos.”

4ª Inversão – Invés de sentar nos primeiros bancos, sente-se nos últimos.

è   Lc 14:8 – “Quando por alguém fores convidado para um casamento, não te assentes no primeiro lugar, pois poderá haver um convidado mais digno do que tu”.

5ª Inversão – Não se considere melhor do que os outros.

è   Lc 18:9 – “E disse também esta parábola (as orações dos fariseus e publicano) a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:”

6ª Inversão – Não junte tesouros na terra, junte nos céus.

è   Mt 6:19-20 – “Não ajunteis tesouro na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai tesouros nos céus, onde nem a traça e nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam e não roubam.”

Se você quiser ser feliz, experimentando a boa vida de Cristo, não se curve diante das pressões humanas para obediência cega as diretrizes carnais e naturais, antes, abandone sua visão humana e carnal e viva com a mente de Cristo, desfrutando das bênçãos dos céus.

è   Is 40:28-31 – “Não sabes, não ouvistes que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? É inescrutável o seu entendimento. Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…

QUANDO É HORA DE MUDAR DE IGREJA

Igreja, genuinamente falando, é aquele lugar onde se reúne um grupo de seguidores de Cristo com objetivo de adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (At. 2:40-47). Foi com esta clara missão em mente que o apóstolo Paulo informa-nos que Deus colocou à nossa disposição os dons espirituais, a fim de edificarmos uns aos outros e estarmos aparelhados para proclamação do evangelho. Tiago esclarece outro ponto principal da igreja, dizendo que a verdadeira religião é cuidar das viúvas e dos órfãos nas suas necessidades. Por fim, as características da igreja primitiva que a tornou marcante, referência de igreja bíblica, foi que eles tinham tudo em comum e ninguém sentia falta de nada, eram solidários no partir do pão, desfrutavam da comunhão e comungavam da doutrina dos apóstolos, esta, por sua vez, Cristocêntrica.

No domingo passado fui à igreja com minha família e contei. Numa rua com, aproximadamente, quinhentos (500) metros de comprimento, cerca de treze (13…