quinta-feira, 5 de maio de 2011

A Inversão de "Valores" de Cristo

Porque a vida se tornou tão cansativa? Porque os homens, apesar dos avanços tecnológicos, não conseguem satisfazer seus anseios de felicidade? Porque, invés de avanços no trato humano, há retrocessos?

è   Pv 14:12 – “Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte.”

Escolheram caminho mais longo e difícil.

è   Ec 7:29 – “Eis aqui, o que tão-somente achei: que Deus fez ao homem reto, porém eles buscaram muitas invenções.”

Os homens quanto mais tentam se organizar enquanto sociedade, mais se engessam em conceitos pesados e insuportáveis. A desobediência civil, para o homem natural, é hoje a única válvula de escape das amarras dos compromissos escravizantes e infelizes criados por ele mesmo.

è   Mt 11:28-30 – “Vinde a mim, todos os cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e meu fardo é leve”.

O homem complica, Deus descomplica; O homem se sobrecarrega, Deus os alivia; O homem perde sua vida, Jesus o restaura e salva. A melhor forma de percebermos isto é observarmos a “inversão de valores de Cristo”.

A inversão de valores proposto por Cristo tem o objetivo de descomplicar nossa vida, tornando nosso “jugo mais suave e nosso fardo leve”.

1ª Inversão – Invés de se preocupar com coisas terrenas, primeiro cuide das coisas espirituais.

è   Mt 6:33 – “Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”.

2ª Inversão – Antes de julgar teu irmão, julgue a si mesmo.

è   Mt 7:3-5 – “E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.”

3ª Inversão – Quem quiser ser o primeiro, seja o último e servo de todos.

è   Mt 20:27 – “e quem dentre vós quiser ser o primeiro, seja vosso escravo.”

è   Mc 9:35 – “Ele, assentando-se, chamou os doze, e lhes disse: Se alguém quiser ser o primeiro, será o último e servo de todos.”

4ª Inversão – Invés de sentar nos primeiros bancos, sente-se nos últimos.

è   Lc 14:8 – “Quando por alguém fores convidado para um casamento, não te assentes no primeiro lugar, pois poderá haver um convidado mais digno do que tu”.

5ª Inversão – Não se considere melhor do que os outros.

è   Lc 18:9 – “E disse também esta parábola (as orações dos fariseus e publicano) a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros:”

6ª Inversão – Não junte tesouros na terra, junte nos céus.

è   Mt 6:19-20 – “Não ajunteis tesouro na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai tesouros nos céus, onde nem a traça e nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam e não roubam.”

Se você quiser ser feliz, experimentando a boa vida de Cristo, não se curve diante das pressões humanas para obediência cega as diretrizes carnais e naturais, antes, abandone sua visão humana e carnal e viva com a mente de Cristo, desfrutando das bênçãos dos céus.

è   Is 40:28-31 – “Não sabes, não ouvistes que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? É inescrutável o seu entendimento. Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.”

Nenhum comentário: