Pular para o conteúdo principal

Mentiras Ditas Aos Brasileiros Sobre a Copa do Mundo 2014

Presidente Dilma e ex-presidente Lula
Dez das mais famosas mentiras envolvendo a Copa do Mundo de 2014, que disseram aos brasileiros, quando queriam enganá-los sobre a realização do maior evento de futebol do mundo - O pior é que alguns brasileiros acreditaram.
 
1) Maioria dos investimentos será privada
 
Antes mesmo de o Brasil ser oficializado como sede do Mundial, em 2007, Ricardo Teixeira repetia em seus raros discursos uma tese: "Uma Copa bem organizada é aquela que tem recursos prioritariamente do setor privado". Quase sete anos depois, o dinheiro público é, de longe, o principal financiador do Mundial.
 
2) O Governo não investirá na construção de estádios
 
O discurso repetido nos primeiros meses após a escolha do Brasil como sede da Copa era de que os Governos não iriam investir na reforma e construção de estádios - a ideia era que os gastos públicos fossem feitos em outras obras de infraestrutura. Hoje, 97% do dinheiro investido nas arenas é governamental.
 
3) As arenas construídas dentro do orçamento
 
Quando os primeiros orçamentos de construção e reformas de estádios para a Copa do Mundo começaram a aparecer, a lista assustava pelos valores altos - o Estádio Nacional, em Brasília, ficaria em torno de R$ 700 milhões, por exemplo; mas custou mais de R$ 1,1 bilhão. Sete anos depois, todos os estádios da Copa já estouraram a previsão de gasto inicial.
 
4) Estádios da Copa prontos dentro do prazo
 
As recomendações da Fifa eram claras: os doze estádios para a Copa do Mundo deveriam estar prontos até dezembro de 2013, e o Governo garantia isso, conforme declarou o então Ministro dos Esportes, Orlando Silva em 2011; os que não estivessem ficariam fora do torneio. Estamos em abril de 2014, e a Arena Corinthians, palco 'somente' da abertura do Mundial, ainda não recebeu uma partida oficial.
 
5) O Monotrilho de São Paulo
 
Única obra prometida para a Copa do Mundo em São Paulo, o Monotrilho não ficará pronto a tempo para o Mundial. Depois de anos de construção e de atrasos, apenas em outubro de 2012 foi feito o anúncio de que não haverá tempo hábil para que a obra seja terminada antes do torneio.
 
6) Transporte público em Manaus
 
Quando foi anunciada como uma das 12 sedes da Copa do Mundo, Manaus apressou-se em mostrar um projeto revoluncionário de transporte público, que incluía a construção de um monotrilho e do BRT. Mas, alegando problemas burocráticos que atrasaram o início das obras, os governos estadual e municipal tiraram as obras da lista de encargos para a Copa.
 
7) O VLT de Brasília
 
Outra grande obra de estrutura de transportes anunciada com pompa foi o VLT de Brasília, O sistema de trens seria a solução para uma cidade que peca pela falta de boas opções para transporte público. A construção começou em 2007, mas parou em 2010 em meio a denúncias de corrupção. Em 2012, a obra saiu do caderno de encargos da Copa.
 
8) O ultimato da Fifa para a Copa do Mundo
 
O secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, perdeu a paciência com os seguintes atrasos das cidades-sede, especialmente Curitiba. Em janeiro deste ano, o homem-forte da entidade no Brasil deu um ultimato à capital paranaense: ou as obras da Arena da Baixada avançassem até 18 de Fevereiro, ou a Copa deixaria a cidade. Passou a data, o estádio ainda não está 100% concluído, e o local segue como um dos palcos para o Mundial.
 
9) Mudança na estrutura de aeroportos
 
A Copa seria uma ótima oportunidade para mudar a sucateada estrutura aeroportuária do Brasil. Durante os anos que se seguiram ao anúncio do país como sede do Mundial, todas as cidades - mesmo ainda na fase de candidatura às sedes - prometeram reformas, mas menos da metade de cumprir o planejado. Em Belo Horizonte, a reforma já foi reduzida para terminar antes do Mundial; em Curitiba, apenas 30% das obras estará pronta na época da Copa.
 
Somente dois aeroportos deverão concluir suas reformas a tempo do Mundial: Cuiabá e Fortaleza. No Rio de Janeiro, por exemplo, parte da reforma do terminal de passageiros não estará pronta, assim como em Belo Horizonte, Salvador, Manaus e Curitiba.
 
10) A Internet 4G
 
A tecnologia de acesso a internet e telefonia, que já existe em países da Europa e nos Estados Unidos, era uma das promessas para as 12 cidades-sede, devido à alta demanda durante a Copa do Mundo. Meses antes do Mundial, especialistas em telecomunicações já apontam que não há mais tempo para que o sistema seja implantado em todas estas cidades antes do Mundial.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…

QUANDO É HORA DE MUDAR DE IGREJA

Igreja, genuinamente falando, é aquele lugar onde se reúne um grupo de seguidores de Cristo com objetivo de adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (At. 2:40-47). Foi com esta clara missão em mente que o apóstolo Paulo informa-nos que Deus colocou à nossa disposição os dons espirituais, a fim de edificarmos uns aos outros e estarmos aparelhados para proclamação do evangelho. Tiago esclarece outro ponto principal da igreja, dizendo que a verdadeira religião é cuidar das viúvas e dos órfãos nas suas necessidades. Por fim, as características da igreja primitiva que a tornou marcante, referência de igreja bíblica, foi que eles tinham tudo em comum e ninguém sentia falta de nada, eram solidários no partir do pão, desfrutavam da comunhão e comungavam da doutrina dos apóstolos, esta, por sua vez, Cristocêntrica.

No domingo passado fui à igreja com minha família e contei. Numa rua com, aproximadamente, quinhentos (500) metros de comprimento, cerca de treze (13…