quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Protesto Inusitado - A Luta Continua...

Está sendo realizado neste momento (11:58h), uma manifestação inusitada em frente ao Fórum Ruy Barbosa. Um grupo de pessoas cristãs, portando faixas, cartazes e entoando músicas da Harpa Cristã, estão mobilizadas na tentativa de fazer prevalecer seu desejo no que diz respeito a disputa pelo templo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Capelinha de São Caetano.

Para os desavisados, o dito templo é motivo de briga judicial entre a CEADEB e a ADESAL (CONFRAMADEB).

Considerando o teor da disputa, a sentença a ser proferida pelo MM. Juiz responsável, deve se ater às leis regentes para o caso em pauta. Sendo assim, sinceramente, tenho minhas dúvidas quanto a eficácia de tal manifestação. No entanto, como chamaram a justiça dos homens para resolver a pendência entre eles, todos os recursos humanos disponíveis são legitimos em sua utilização, dentre eles, a manifestação pública.

Não faço juízo de valor. No entanto, acho estranho o motivo, o método e a eficácia. Desculpem-me os sinceros, mas, aprendi inúmeras vezes dentro do templo em disputa, que as pendências entre os filhos de Deus se resolvem observando sua Palavra, com oração, humildade e fé.

Agora aprendi uma nova lição: "quando a gente deixa de pedir à Deus, termina tendo que pedir pra os homens".

Quando vi a manifestação, o sentimento que veio ao meu coração foi de frustração, além daquela sensação de, primariamente, ter sido enganado com aquelas ministrações. Posso estar sendo ingênuo. Não sei. Porém, tanto a eficácia da manifestação como minha observação e sentimentos, só o tempo e seu futuro mostrará os frutos e a recompensa.

5 comentários:

Pr Dário Gomes disse...

Que espirito motiva tais pessoas a publicar em jornais secular, agora recorre para a mídia apelativa?

Quando as orações ficam desacreditadas, só resta as apelações!

Não estou frustado, mas deveras envergonhado.

Anônimo disse...

Só lamento tudo isso! Concordo com vc Eliel.

Eliel Barbosa disse...

Anônimo,

Obrigado pelo comentário.

Saliento que a decisão de publicar é apenas porque, nele, não há qualquer agressão ou acusação a qualquer posição ou pessoa.

Gostaria que nos próximos não houvesse o receio da identificação, pois, isto nos ajuda no reconhecimento de nossas posições de forma mais autêntica.

Fique com Deus.

Pr, Mário atsayuki disse...

Quais os critérios que utilizamos para fazermos nossa avaliação deste momento um tanto conturbado na história da igreja em Salvador?Percebo que muitos tem se deixado levar por sentimentos de outrem e deferindo muitas vezes palavras ofensivas a Ministros,fugindo assim dos padrões da ética e da boa educação.
Onde vamos parar com toda essa "Ofensa Gratuita"?Onde ficam os princípios da moralidade e do bom senso? Penso que estamos em muitos momentos perdendo o rumo, deixando-nos ser levados por sentimentos que não traduzem à recomendação bíblica.Quais são os nossos reais interesses nessa nossa tragetória?Por que é tão difícil buscarmos a conciliação ao invés da retaliação do ser humano?Como estão as ovelhas dentro deste aprisco?Esperando pra ser lembrada pelas feridas que sangram e que as enfraquecem dia após dia?
Observo que ambos os lados tem a sua "verdade",que é defendida com veemência por homens que acreditam no seu ponto de vista,defendendo sua própria ótica .Honestamente espero que este tão tenso e tumultuado momento da história em Salvador,passe logo,pois já percebo que as páginas que são registradas nesse "Livro de ocorrência" estão ficando amareladas,envelhecidas...onde as palavras estão se apagando com muita rapidez.

Pr.Mário Atsayuki

Eliel Barbosa disse...

Caro Pr. Mário,

De antemão já agradeço pelo seu equilibrado comentário, o que nos permite mais reflexão sobre este triste momento vivido pela Assembléia de Deus na Bahia.
Realmente há alguns que polarizam, estando eles mesmos em um dos lados e focando o outro lado como inimigo a ser destruido, abandonam a "boa" ética cristã e passam a agredir indiscriminadamente.
Resta-nos (aqueles que conseguem discernir o momento e entender o melhor caminho a trilhar), ser instrumento de Deus para manutenção e preservação daqueles que com sinceridade buscam uma vida cristã íntegra.

Fique com Deus.