Pular para o conteúdo principal

Sintomas de Uma Igreja Doente

A Igreja, enquanto organismo vivo - Corpo de Cristo - é santa, sem ruga ou qualquer outra espécie de mácula. Esta Igreja, adornada pelo Espírito Santo, está em comunhão com o Senhor e, desta forma, pronta para adentrar as moradas eternas para habitar com Deus (Ef. 5:27).

A Igreja, enquanto organização, é o lugar onde um conjunto de pessoas que se decidiram por Cristo reúnem-se para comungar a fé, aprimorar a comunhão uns com os outros, capacitarem-se para cumprimento de sua missão e, a partir dela, espalharem a mensagem do evangelho para os extremos da terra (At. 2:41-47).

A Igreja – Organismo Vivo – não precisa de restauração, haja vista estar ela pronta a partir da decisão real de seguir a Cristo e, por conseguinte, ser alcançada pela ação eficaz do sangue do Salvador Jesus. Porém, a igreja – Organização – invariavelmente, necessita de aprimoramento e restauração. É por esta razão que o Senhor disponibiliza os dons espirituais: para serem utilizados na edificação de todos os cristãos reunidos num local (1 Co. 14:12).

Algumas dessas igrejas, apesar dos problemas que é comum em todas, conseguem tratar essas terríveis adversidades mantendo um ambiente harmonioso, equilibrado e saudável. Como conseqüência, seus cultos “racionais” são realizados com alegria e singeleza de coração, o que transforma o local numa reunião de verdadeiros adoradores, mordomos e filhos de Deus. É nesse ambiente que o Senhor se compraz em curar, libertar e, principalmente, salvar os perdidos.

A abordagem que fazemos aqui tem como foco exclusivo as Igrejas que, apesar de terem entre eles pessoas que fazem parte do Corpo de Cristo, lutam para se tornarem autênticas representantes do Reino de Deus. São igrejas que sofrem por causa da desobediência aos mandamentos do Senhor, sendo produtoras de mazelas espirituais que transtornam o ambiente interno e dificultam a vida e o senhorio de Cristo entre eles.

A igreja-local, como um corpo, adoece, e alguns sintomas são imediatamente perceptíveis. É óbvio que esses sintomas podem ser notados em todas as igrejas – organização. A diferença é que, numa igreja saudável, esses sintomas são percebidos em um ou outro integrante, enquanto que, numa igreja doente, esses sintomas são percebidos em um número considerável de crentes. Como um câncer, ao atingir apenas um órgão e detectado em seu estágio inicial, a cura é facilitada e possível. Todavia, quando acontece a metástase (proliferação de células cancerígenas no organismo atingindo vários órgãos), o paciente entra num processo de difícil recuperação.

No ambiente deteriorado de uma igreja doente, alguns sintomas são facilmente percebidos à luz da Palavra de Deus. É sobre alguns deles que falaremos a partir desta postagem. Acompanhe.

Comentários

Anônimo disse…
Boa Noite!
Onde esta o link ou o restante da postagem?
ricardo
Eliel Barbosa disse…
Obrigado, caro Ricardo, pelo acesso.

Os textos foram construídos a partir deste. Por esta razão, este não se faz acompanhar dos links solicitados.

Recomendo seguir a ordem crescente de datas e encontrarás os demais textos vinculados ao tema principal "Sintomas de Uma Igreja Doente".

Fique com Deus.

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…

QUANDO É HORA DE MUDAR DE IGREJA

Igreja, genuinamente falando, é aquele lugar onde se reúne um grupo de seguidores de Cristo com objetivo de adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (At. 2:40-47). Foi com esta clara missão em mente que o apóstolo Paulo informa-nos que Deus colocou à nossa disposição os dons espirituais, a fim de edificarmos uns aos outros e estarmos aparelhados para proclamação do evangelho. Tiago esclarece outro ponto principal da igreja, dizendo que a verdadeira religião é cuidar das viúvas e dos órfãos nas suas necessidades. Por fim, as características da igreja primitiva que a tornou marcante, referência de igreja bíblica, foi que eles tinham tudo em comum e ninguém sentia falta de nada, eram solidários no partir do pão, desfrutavam da comunhão e comungavam da doutrina dos apóstolos, esta, por sua vez, Cristocêntrica.

No domingo passado fui à igreja com minha família e contei. Numa rua com, aproximadamente, quinhentos (500) metros de comprimento, cerca de treze (13…