Pular para o conteúdo principal

Aproveite a Visão e Venha Para a Luz - Testemunho

O evangelista Gilson Souza de Jesus, 33, precisou conhecer a escuridão da cegueira para começar a trilhar o caminho da luz. A perda da visão foi moeda de troca para continuar vivendo. Em 2010, quando fazia parte do mundo do crime, Gilson foi pego por traficantes rivais na rua Euzébio de Queiroz, bairro da Liberdade, e, sob a mira de pistolas e revólveres, ouviu a pergunta que começou a mudar a sua vida.

"'Você quer morrer ou ficar cego?'". Respondi que preferia ficar cego, e aí eles furaram meus olhos com uma faca", lembra. Apesar do castigo cruel, Gilson acredita que Deus tocou no coração dos seus agressores para não matá-lo. Hoje, ele se diz uma nova criatura e dedica a vida a tentar convencer jovens e adultos a saírem do mundo do crime e das drogas. O ex-traficante e assaltante conta sua história de recuperação e prega o evangelho como forma de transformar a vida das pessoas.

Além do testemunho em igrejas evangélicas, ele integra o Grupo de Evangelização em Busca de Almas Perdidas (Gebap). "O terceiro domingo do mês é meu dia de pregação. Escolho uma comunidade onde a guerra do tráfico está acirrada e começo a pregar próximo às bocas de fumo", diz. Para quem deseja se livrar da dependência química, Gilson oferece tratamento em centros de recuperação com que tem parcerias.

Provações

Quando teve os olhos furados, Gilson já tinha passado por muitas provações no mundo do crime. Em 2007, ficou encarcerado cinco meses no Presídio Salvador, após ser preso por roubo. Dois anos depois, sofreu uma tentativa de homicídio como punição de bandidos, por ter roubado no bairro onde morava, no Pero Vaz.

Ele levou um tiro nas costas e outro na mão, mas conseguiu fugir pelo telhado de casa. Ainda em 2009, voltou para o presídio, onde ficou por um ano, após ser preso por tráfico de drogas.

"Há um caminho que parece direito ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte", cita Gilson o versículo bíblico que se adequa ao período de 14 anos em que esteve no mundo da criminalidade. Depois que teve os olhos arrancados, Gilson entrou em depressão, foi abandonado pela ex-mulher e tentou suicídio, mas diz ter encontrado forças no evangelho.

Gilson lembra que, aos 14 anos, se revoltou, após ver dois irmãos mortos durante uma operação das polícias Civil e Militar na avenida Peixe, Liberdade, em 1999.

Três anos antes, outro irmão havia sido morto por um grupo de extermínio, no largo da Central, no mesmo bairro. "Vi meus pais chorando e sofrendo muito. As mortes desestruturaram minha família. Como não tinha o entendimento, eu me revoltei e queria vingar meus irmãos. Comecei a usar droga. Mais tarde fui roubar e traficar", relata.


Casado há dois anos, pai de três filhos - o caçula é do casamento atual -, Gilson se orgulha de sua nova vida. "Não devo mais nada à Justiça. Tenho minha família, faço minhas pregações e tenho o objetivo de tirar os jovens das drogas", afirma.

Publicado em http://atarde.uol.com.br/bahia/salvador/noticias/1709695-ex-traficante-fica-cego-e-se-torna-evangelista

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…

QUANDO É HORA DE MUDAR DE IGREJA

Igreja, genuinamente falando, é aquele lugar onde se reúne um grupo de seguidores de Cristo com objetivo de adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (At. 2:40-47). Foi com esta clara missão em mente que o apóstolo Paulo informa-nos que Deus colocou à nossa disposição os dons espirituais, a fim de edificarmos uns aos outros e estarmos aparelhados para proclamação do evangelho. Tiago esclarece outro ponto principal da igreja, dizendo que a verdadeira religião é cuidar das viúvas e dos órfãos nas suas necessidades. Por fim, as características da igreja primitiva que a tornou marcante, referência de igreja bíblica, foi que eles tinham tudo em comum e ninguém sentia falta de nada, eram solidários no partir do pão, desfrutavam da comunhão e comungavam da doutrina dos apóstolos, esta, por sua vez, Cristocêntrica.

No domingo passado fui à igreja com minha família e contei. Numa rua com, aproximadamente, quinhentos (500) metros de comprimento, cerca de treze (13…