Pular para o conteúdo principal

Profecias Seletivas. Deus é Seletivo?

"Nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais" (Ef. 6:12).
 
Com este versículo da carta de Paulo aos Éfesos, destaco que não temos uma pessoa ou partido como inimigos. O que temos como adversários do bem é o "espírito" que nega a vontade de Deus e estabelece como deus o seu próprio ventre. Independente de como ele se apresenta e onde ele se apresenta, seremos veementemente contrário aos seus projetos malignos. Esta é a essência da profecia e dos profetas.
 
Em tempo de graça, que vivemos hoje, as bênçãos divinas são destinadas à todos, no entanto, da mesma forma que Deus deseja abençoar a todos (Jr. 29:11), repreende com a mesma determinação os que insistem em manter suas vidas na pauta da desobediência contumaz (Mt. 4:17; Lc. 13:2-5). Deus não abre mão do desejo de que sejamos íntegros, benignos, respeitosos e amorosos uns para com os outros.
 
Nossa tendência em achar que existem alguns que são mais íntimos de Deus a ponto de receber da divindade a aquiescência para que permaneçam maquinando e fazendo o mal, se trata de um equívoco sem medida. Esse tempo da graça infinita que não pune o mal e não cobra responsabilidades é ilusão. É a tentativa de fugir do custo de nossas más ações e permanecer com a falsa ideia de que está tudo bem. Não! Não está tudo bem. "A alma que pecar, essa morrerá" (Ez. 18:4). Deus é incisivo: Parem de fazer o mal! (Is. 1:16).
 
Deus não coopera com o mal venha de onde vier e praticado por quem quer que seja. Se eu ou qualquer outro reles mortal nos rebelarmos contra Deus e sua Palavra, devemos ser imediatamente advertidos do erro e da necessidade de arrependimento. Mas, quando um "privilegiado" faz o mal e insiste na iniquidade, um silêncio se faz. Onde estão os profetas?
 
A profecia que insiste em advertir o pobre, o simples, as camadas mais baixas do clero e da população e faz "vista grossa" àqueles pecados que, publicamente, a alta "casta", política e eclesiástica, insiste em praticar, é profecia seletiva. E se ela é seletiva, não é divina. E se não é divina é diabólica.
 
"...Vejam, o Senhor vem com milhares de milhares de seus santos, para julgar a todos e convencer a todos os ímpios a respeito de todos os atos de impiedade que eles cometeram impiamente e acerca de todas as palavras insolentes que os pecadores ímpios falaram contra ele" (Jd. 1:14-15).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…

QUANDO É HORA DE MUDAR DE IGREJA

Igreja, genuinamente falando, é aquele lugar onde se reúne um grupo de seguidores de Cristo com objetivo de adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (At. 2:40-47). Foi com esta clara missão em mente que o apóstolo Paulo informa-nos que Deus colocou à nossa disposição os dons espirituais, a fim de edificarmos uns aos outros e estarmos aparelhados para proclamação do evangelho. Tiago esclarece outro ponto principal da igreja, dizendo que a verdadeira religião é cuidar das viúvas e dos órfãos nas suas necessidades. Por fim, as características da igreja primitiva que a tornou marcante, referência de igreja bíblica, foi que eles tinham tudo em comum e ninguém sentia falta de nada, eram solidários no partir do pão, desfrutavam da comunhão e comungavam da doutrina dos apóstolos, esta, por sua vez, Cristocêntrica.

No domingo passado fui à igreja com minha família e contei. Numa rua com, aproximadamente, quinhentos (500) metros de comprimento, cerca de treze (13…