Pular para o conteúdo principal

O Que Fizeram Com a Minha Fé?

A fé vem pelo ouvir... Eu ouvir da boca dos homens a Palavra de Deus.

Crente não mente, e mesmo com dano seu, cumpre com o que se comprometeu. Disseram-me que negócios com crente é pra valer. O sim é sim, e o não, é não. Ele se esmera no que faz porque faz para o Senhor (Deus). Crente, às vezes, trabalha muito apenas por amor.

Falaram-me que ser crente é reconhecer não ser nada, é o Senhor que opera em nós, tanto o querer como o efetuar... Ensinaram-me que nosso negócio é d’outro mundo...  Por esta razão, nada de gastar energia desnecessária naquilo que é passageiro. Até mesmo exercícios físicos, pra quê?

Nada de guardar dinheiro... Temos o céu como nossa casa de tesouro eterno. Insistiram-me que somos todos iguais... Crente não adota celebridade, seja cristão ou pagão, pelo contrário, valoriza as pessoas pelo trato do homem interior. As marcas de Cristo... Fizeram-me acreditar que, no Reino de Deus, quem manda é Deus. Crente apenas aceita a vontade divina, reconhecendo que os pensamentos de Deus são mais altos que os nossos pensamentos e seus caminhos melhores que os nossos caminhos.

Convenceram-me a ouvir sobre Mateus 5, insistentemente, repetidas vezes. Fizeram-me estudar em várias Escolas Bíblicas Dominicais, as cartas de Paulo, especialmente, a que foi dirigida à igreja em Corinto.

Acreditei no que me disseram...

Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentiraAp. 22:15 - E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homensCl. 3:23 – “Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganhoFp. 1:21 – “Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam Mt. 6:20 – “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviasteJo. 17:21 – “E ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu Lc. 11:2.

Que tristeza... também vi o que fizeram.

Liturgia - O culto começaria às 18h., 18:30h., 19h., 19:15h... Quando tiver gente suficiente... Terminaria às 20h., 20:15h., 21h., 21:30h., 22h... depois que o pastor chegar... e pregar...; Comércio - Banco fechou área que cuidava de contas do segmento evangélico e grupo de telefonia móvel num segmento evangélico é um sofrimento (Porque será?); Corrupção - Políticos evangélicos oram “agradecendo a Deus” a “benesse” recebida de um esquema fraudulento (Ai!!!); Reino de Deus - Líderes evangélicos pedem que a justiça dos homens intervenha no Reino de Deus (Quem é o maior? Quem é o melhor? Deus está do lado de quem?); Tele-evangelistas – “missionários” pedem dinheiro com anéis de ouro no dedo (ah!). Política - Pastor ou político? (vamos cuidar dos corpos dos homens por que das almas já tem gente suficiente (Hummm).) Ídolos - Pregador celebridade vale quanto pesa, ou melhor, quanto grita. O desconhecido merece um aperto de mão e um Deus-lhe-abençoe (???!); Legalidade - Pastor (ops! pastor não, apóstolo) preso com a bispa (bispa???) por entrada em outro país sem a declaração correta dos dólares que levava. Ufa!

Disse Jesus:

Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem” Mt. 23:3 – “Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus”. Mt. 5:20

O que fizeram com a minha fé? "Santificaram-na".

Os homens anunciam a Palavra de Deus (Não há qualquer valor nos homens. Um jumento já falou, o céu já bradou, corvos já entregaram alimento...). Minha fé veio ao ouvir esta Palavra, mas, uma coisa é a palavra que origina a fé, outra coisa são os homens, mensageiros da Palavra. Neste caso, uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa. Ainda que a gente sempre espere que os anunciantes façam o que falam, as atitudes incoerente foram, para mim, benéficas neste particular.

Fé verdadeira é aquela posta em Cristo, somente em Cristo, a Palavra de Deus, o Verbo que se fez carne e habitou entre nós. É aquela que não funciona amparado pelo que vê (as obras dos homens) e, sim, pelo que crê (a Palavra de Deus na boca dos homens). É um tanto difícil compreender e, mais ainda, aceitar.

Aprendi, e aceito as coisas como são,

“Para ver se de alguma maneira posso chegar à ressurreição dentre os mortos. Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. (...) Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo, cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas. Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas” (Fp. 3:11-14; 18-21).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…

QUANDO É HORA DE MUDAR DE IGREJA

Igreja, genuinamente falando, é aquele lugar onde se reúne um grupo de seguidores de Cristo com objetivo de adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (At. 2:40-47). Foi com esta clara missão em mente que o apóstolo Paulo informa-nos que Deus colocou à nossa disposição os dons espirituais, a fim de edificarmos uns aos outros e estarmos aparelhados para proclamação do evangelho. Tiago esclarece outro ponto principal da igreja, dizendo que a verdadeira religião é cuidar das viúvas e dos órfãos nas suas necessidades. Por fim, as características da igreja primitiva que a tornou marcante, referência de igreja bíblica, foi que eles tinham tudo em comum e ninguém sentia falta de nada, eram solidários no partir do pão, desfrutavam da comunhão e comungavam da doutrina dos apóstolos, esta, por sua vez, Cristocêntrica.

No domingo passado fui à igreja com minha família e contei. Numa rua com, aproximadamente, quinhentos (500) metros de comprimento, cerca de treze (13…