Pular para o conteúdo principal

Sabedoria, Gera Enfado. Conhecimento, Aumenta a Dor.

 
"E apliquei o meu coração a conhecer a sabedoria e a conhecer os desvarios e as loucuras, e vim a saber que também isto era aflição de espírito. Porque na muita sabedoria há muito enfado; e o que aumenta em conhecimento, aumenta em dor" (Eclesiastes 1:17-18).
 
Lí certa vez um artigo escrito por uma Juíza que trazia como título: "Deveria ser proibido ler." Estranhei uma colocação que atestava a manutenção da ignorância.
 
Atraído pelo título tão insensato, mergulhei no texto para ler e procurar entender as razões de um conselho tão incoerente. Percebi que, com muita propriedade, dizia que a leitura nos conduz a novos horizontes e nos desafia a pensar.
 
O problema, apontado por ela, é que construímos uma sociedade tão afastada do bom senso que, a proporção que melhoramos nossa compreensão da vida e das coisas, através de uma boa leitura, nos deparamos com o imenso abismo entre o ideal e o real.
 
O mundo ideal é diferente, melhor e superior ao que se vê nos dias atuais.
 
Quando lemos, nossa mente nos leva a contemplação de um ideal imaginário que encontra como maior oposição o mundo real. Isto causa-nos um choque e muitas frustrações que, por vezes, faz-nos enxergar a triste realidade: "construímos uma sociedade que nos destrói.E o pior. Nos engessamos no espaço que nos é reservado e nos acomodamos com a dor. Ao contrário da indignação, levantamos as mãos para os céus e damos graças a Deus como que reconhecendo: "Está bom!"
 
Damos graças a Deus como se Deus fosse o responsável final por nossa acomodação, nossa sujeição paciente às contrariedades da vida. Sim, naquilo que não podemos mudar. Não, naquilo que podemos mudar, como por exemplo, a forma de gerir os recursos e os serviços públicos.
 
Sentimos falta de laser, de saúde, de segurança, de moradia, de educação, mas, estamos vivendo... sobrevivendo, numa sociedade em que apenas alguns privilegiados vivem desfrutando do que a vida pode oferecer. Uma boa leitura nos mostra que isto está errado.
 
Mas, o que fazer? Numa sociedade democrática, mudar isto através do voto. Na democracia, a ditadura é da maioria. Portanto, a maioria acredita que está bom e que, no futuro, todos estarão desfrutando do que a vida pode oferecer. Nos esquecemos que o futuro será sempre no futuro, ou seja, é apenas aquilo que está além da nossa existência.
 
O passado é lembrança, o futuro, esperança, o presente é minha vida.
 
No contexto social em que estamos inseridos, "quem espera, nunca alcança". E como dizia o compositor Geraldo Vandré (Pra não dizer que não falei das flores): "...quem sabe faz a hora, não espera acontecer."
 
Quem lê, pensa. Quem pensa, se depara com o enorme fosso social que continuamos mergulhados. Por isto, concordo com a Magistrada: "deveria ser proibido ler".
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

CEADEB x ADESAL - É feio, muito feio!

Os desdobramentos do litígio entre o presidente da CEADEB e o presidente da ADESAL prossegue revitalizando as feridas causadas pelo rompimento do vínculo de alguns pastores de sua convenção (CEADEB).
No mais recente episódio, uma decisão judicial interlocutória - sem definição de mérito - tomada na ação que a CEADEB move contra a ADESAL, foi entendida como um ato de destituição do pastor Israel Ferreira do comando da Assembleia de Deus em Salvador. Sem querer entrar nas questões técnicas da decisão (deixo isto para os advogados e rábulas), a decisão não dá nada a ninguém, haja vista uma série de “condicionantes” expressos no comando judicial. Na verdade, a decisão da desembargadora é uma espécie de carta do apóstolo Paulo aos Coríntios na versão para os assembleanos baianos: “se entendam!”
Ato seguinte a decisão mencionada, o pastor Valdomiro Pereira distribui um vídeo para os obreiros assembleanos. Nele, informa (ou desinforma) a plateia que o pastor Israel Ferreira foi destituído do…

QUANDO É HORA DE MUDAR DE IGREJA

Igreja, genuinamente falando, é aquele lugar onde se reúne um grupo de seguidores de Cristo com objetivo de adorar a Deus, receber ensinamentos, evangelizar e ajudar uns aos outros (At. 2:40-47). Foi com esta clara missão em mente que o apóstolo Paulo informa-nos que Deus colocou à nossa disposição os dons espirituais, a fim de edificarmos uns aos outros e estarmos aparelhados para proclamação do evangelho. Tiago esclarece outro ponto principal da igreja, dizendo que a verdadeira religião é cuidar das viúvas e dos órfãos nas suas necessidades. Por fim, as características da igreja primitiva que a tornou marcante, referência de igreja bíblica, foi que eles tinham tudo em comum e ninguém sentia falta de nada, eram solidários no partir do pão, desfrutavam da comunhão e comungavam da doutrina dos apóstolos, esta, por sua vez, Cristocêntrica.

No domingo passado fui à igreja com minha família e contei. Numa rua com, aproximadamente, quinhentos (500) metros de comprimento, cerca de treze (13…