quinta-feira, 16 de agosto de 2012

O Julgamento do Mensalão no STF é um Divisor de Águas


Está acontecendo o Julgamento do "Mensalão" ou, tecnicamente, da Ação Penal 470. Mensalão é como ficou conhecido os atos de integrantes do Governo Lula que, associados a agências de publicidade, cooptava deputados da "base aliada do Governo Lula", para votarem os projetos de acordo com os interesses do palácio do planalto, recebendo em troca benefícios pessoais. É a famigerada corrupção, travestida de "caixa dois", outro crime, porém, pelo tempo, seus autores não mais poderão ser punidos. É por esta razão que o ex-tesoureiro do PT o assume.

 
Se tratando de um julgamento histórico, deve a população acompanhar de perto o desenrolar dos acontecimentos. Deve conhecer os aspectos políticos envolvidos na indicação de cada um dos Ministros e avaliarem seu posicionamento e suas argumentações. Não é tarefa fácil. Acompanhar um julgamento é extenuante e, francamente, chato. Mas, se queremos um país melhor, precisamos participar ativamente dos acontecimentos que podem mudar sua cara e sua essência.

O Srs. Ministros do Supremo Tribunal Federal, apesar de serem indicados por governantes e avalizados pela classe política, é investido da missão de serem a última instância de defesa da Constituição e, consequentemente, da nação. Os brasileiros desejam vê-los assim.

O Brasil é atualmente conhecido como um dos países mais corruptos do mundo, e esta fama precisa ter um fim. Este julgamento representa o divisor de águas do que queremos. Chega de simplesmente falar que existe corrupção no Brasil; chega de apenas constatar a relação promíscua entre empresários, que "mamam" nas tetas da viúva (Governo), e os políticos que lhe dão cobertura para prática de atos que retiram do país sua condição de atender melhor sua população; chega de se iludir com os "supostos" acompanhamentos e fiscalizações executadas por órgãos como TCM, TCE e TCU (Tribunais de Contas), pois, na prática, são usados apenas como cabide para políticos aposentados continuarem ganhando dinheiro.

A conclusão deste julgamento nos dirá se os políticos e os empresários poderão continuar com a prática de arrancar dinheiro da União, através de contratos fradulentos, e destiná-los aos bolsos de maus políticos e aos cofres de partidos políticos.

O STF - Supremo Tribunal Federal, tem a missão, a partir desta ação, de colocar um ponto final nesta república de mentirinha, resgatando para os brasileiros a tão sonhada Pátria Amada, BRASIL!!! Deve o Supremo mostrar para todos nós que o lugar para quem insiste em matar brasileiros nas filas do SUS é a CADEIA; Que o lugar para que insiste em financiar um estado de insegurança geral é o ISOLAMENTO SOCIAL; Que o lugar para que teima em negar aos brasileiros uma moradia decente é DORMIR EM COLCHÃO DE PEDRA; Que o lugar para que persevera em destruir a educação de nossos filhos é a VERGONHA DO RÓTULO DE CORRUPTO NA TESTA.

E cadeia só não basta. Devem ser condenados, se possível, a devolver o montante de dinheiro desviado.

O Brasil grita: CHEGA!!! CHEGA!!! CHEGA!!!

Nenhum comentário: