sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

SENADORES DA BAHIA VOTARAM CONTRA

Segundo dados do Senado Federal, os senadores Walter Pinheiro e Lídice da Mata votaram contra o aumento do salário mínimo para R$ 560,00 (quinhentos e sessenta reais).

Vale para os mesmos, o post publicado anteriormente com o registro do voto do Deputado Federal Erivelton Santana.

Esta é nossa dura realidade. Aparecem no cenário político como alternativa de mudança e luta pela classe menos favorecida deste país, mas, quando eleitos, passam a praticar as mesmas políticas dos seus antecessores, ou seja, para os mesmos que sempre se deram bem na estrutura econômica nacional. Porém, o que vale é, como disse Tiririca, é que estão empregados numa função que você já ganha aumento antes mesmo de começar a trabalhar (se é que em algum momento trabalham).

Vamos insistir em políticos que não façam parte do mesmo, sem cair no exagero de eleger os "Tiriricas" da vez como forma de protesto.

Nenhum comentário: