segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

MINHA FAMÍLIA, MEU BEM MAIOR

Estou de volta ao batente.

Nestes últimos vinte dias, me dediquei exclusivamente a saldar uma dívida que se acumulava em minha relação com três mulheres, as mulheres da minha vida. Ouvi, compartilhei, brinquei, saí, viajei, gastei e, graças a Deus, não chorei. Pelo contrário, neste período sorri muito.

Ficamos num quarto e sala que me “forçou” a trombar com elas todos os dias e, pra onde eu ia, não havia qualquer impedimento as suas companhias. E elas não se cansaram de me seguir... E eu não me cansei de ser seguido por elas.

Muitas fotos registraram nossos momentos juntos, mas, uma delas representa o que foram estes dias para nós. Minha esposa, minhas duas filhas e eu, juntinhos, numa rede, com sorrisos sinceros nos lábios.

Dizem os especialistas que quando se retorna da inatividade profissional, o cidadão enfrenta um período de depressão pós-férias.

Quando olho a foto colocada em nossa sala de estar, essa “depressão” se agrava. No entanto, como antídoto, Deus me faz lembrar o presente que me foi dado. Presente valioso, intransferível e pessoal: “minha família”. Aí, é só alegria.

Eu tenho a melhor família do mundo!!!

Ai que saudade de minhas férias.

2 comentários:

Pr. Raimundo Campos disse...

Interessante que sem perceber, com o passar dos anos, vemos nossos filhos indo embora aos poucos. Eles vão conquistando seus espaços, conhecendo novas pessoas, sentindo prazer em estar com elas e passando menos tempo conosco. Até que um dia eles fazem o que fizemos um dia: se casam. Se vão. E depois só nos visitam. Dão a outros o amor que um dia foi só nosso. É a vida, é inevitável. Que bom é lembrarmos de fazer enquanto há tempo o que fizeste. É isso aí meu amigo, seja feliz com suas lindas mulheres, porque num futuro logo alí, ficarás com uma de novo!!!

Eliel Teixeira disse...

Meu amigo,
Eu e você, durante nossa formação espiritual, tivemos a oportunidade de aprender sobre as coisas realmente importantes de nossa vida. Entre tantas, "quem acha uma esposa encontra uma coisa boa" e "filhos são herança do Senhor". Hoje, casados, pais, constatamos nossas famílias equilibradas e saudáveis. Só há uma coisa a dizer: "aquilo que aprendemos e acreditamos, no que diz respeito a família, é real e crível". Isto é dom de Deus.
Obrigado por seu comentários sempre úteis e edificantes.