segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Dilma Eleita. Assim Caminha a Democracia.

Numa democracia a discussão sadia e sem emoções exacerbadas conduzem-nos ao entendimento e uma visão melhor da vida. As contribuições que cada um dá é o que nos leva a ser o que somos. Sendo assim, vale salientar que a construção de um país melhor não se faz de um dia para o outro, mas, sim, no conjunto de erros e acertos proporcionados por todos que geriram seu destino administrativo.

Quando se tem uma visão simplista da vida, qualquer número, aparentemente, favorável, pode nos enganar. Quando olhamos além dos números, ou até mesmo na origem dos mesmos, enxergamos a participação de todos que contribuíram para se chegar até aqui. Certamente que nosso desejo é avançar sempre, retroceder jamais, no entanto, a vida nos mostra que, às vezes, dar um passo para trás, é impulso necessário para um salto à frente.

Nossa vida não é só materialidade, é, também, um conjunto de outros valores que transcende ao ganho que qualquer ação econômica possa nos dar. Valores como fé, liberdade, respeito e cordialidade, não se compram no mercado e não se precisa de asfalto e emprego garantido para se alcançar. Votei em Lula nas duas últimas eleições e, para mim, este ciclo de governo petista deveria ser encerrado, nem que seja momentaneamente, a fim de proporcionar aos mesmos a oportunidade de se reciclarem e avançarem no que diz respeito aos valores inegociáveis da democracia. O PT me deixou com uma “pulga” atrás da orelha porque antes de chegar ao poder demonstrava ter melhores valores em relação aos outros, mas, ao chegar ao trono, demonstra ser igual aos demais, com o agravante do viés autoritário que deseja cercear a liberdade de crença e a livre expressão de opinião e contestação.

O que lamento profundamente é a forma raivosa com que alguns da militância do partido mencionado se utilizam para debater. Entre tantas qualidades que a democracia possui, a convivência com a opinião diferente ou contrária, e o respeito a opinião do outro, são valores excelentes que devemos nos esforçar em manter, pois, independente da figura do governante da vez, o conjunto de erros e acertos que produzirão, não serão capazes de interromper a trajetória de desenvolvimento que nosso país experimenta.

Assim sendo, como cristãos, respeitamos o desejo expresso pela maioria dos eleitores brasileiros e desejamos que a Presidenta Dilma realize um excelente governo, sem privilégios para uns em detrimento a outros, e fazendo com que as oportunidades para melhoria de vida sejam estendidas à todos os brasileiros.

Que Deus a abençoe.

Nenhum comentário: