Pular para o conteúdo principal

Nós, os Medíocres

A vida é uma repetição. Uma sucessão de pensamentos iguais, conceitos iguais, palavras iguais e atitudes iguais com, logicamente, resultados iguais (Ec. 1:9).

Quando ousamos interromper esta sucessão de pensamentos, conceitos, palavras e atitudes iguais, alcançamos dois resultados: Ou elevamos nossa vida para um status de sucesso (colheita de bons resultados que surpreendem a todos, inclusive o próprio), ou lançamos nossa existência para o grupo dos destruidores de si mesmos (aqueles que suscitam de todos a sua volta o reconhecimento de que desperdiçou a sua vida, apesar de todos que o cercam).

Na repetição, ficamos na média. Não ousamos, nem desperdiçamos, assim, vivemos o que todos vivem e nos tornamos um entre aqueles que repartem o pouco que sobra para a maioria. Os medíocres. Não desfrutamos da vida nem a desperdiçamos, apenas vivemos como que empurrados pelo meio para um fim comum a todos, uma vida que passa sem deixar sua marca, sem vivê-la na plenitude dos prazeres oferecidos à todos e desfrutados por poucos.

Sucesso é o resultado de quem, em algum momento de sua vida, resolveu romper com a mesmice, com a repetição. Ousou usar a inteligência que Deus deu à todos para buscar um caminho alternativo, se recusou a persistir na repetição das mesmas atitudes de seus antecedentes visto o resultado que alcançaram. Estes são os que, normalmente, encontram mais sentido para suas existências.

Então, o ponto focal neste exato instante da existência terrena é o de sempre: “o desafio de romper com a repetição”.

Nosso maior problema é o medo que nos mantêm na média. Aliás, vale ressaltar, a maioria (os medíocres) são mantidos na média pelo medo que os impede de romper com a repetição. E assim seguimos com as mesmas dores, as mesmas angústias e a mesma inércia que nos mantêm no mesmo lugar.

É preciso cuidado, pois, alguns mergulham suas vidas em “bagulhos muito doido” alimentando em seus pensamentos a sanha de ser diferentes dos demais. No final, ficam apenas iguais aos que destroem suas vidas. Sendo assim, é melhor permanecer medíocre, pois, se não a elevamos, também não a destruímos.


Portanto, se você quiser melhorar de vida tem que romper com a mesmice, avaliando os prós e contras de cada decisão e, corajosamente, tomando cada uma delas. O sucesso ou fracasso pode estar logo ali na primeira esquina, ou no final da rua que você decidir entrar. O fato é que se você estiver entre os medíocres, jamais descobrirá. Medíocres não ousam sair da preferencial e dobrar a primeira esquina para descobrir o que tem lá.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Porteiro, Auxiliar, Diácono, Presbítero, Evangelista, Pastor. E Mais. Missionária, Bispo, Apóstolo. O Que é Tudo Isso?

De repente, somos sobressaltados com a notícia: "Mais algumas dezenas, e até centenas, de novos obreiros para servir no Reino de Deus". A notícia seria boa, se guardasse a essência dos requisitos bíblicos exigidos para novos obreiros e preservassem o propósito divino na separação de novos chamados.
Para que precisamos de porteiros? Óbvio. Para guardar as portas. Porteiro era considerado Levita, desenvolvia, também, a tarefa de arrecadador de ofertas (2 Cr. 31:14) e vigia (Mc. 13:34); Jesus menciona o porteiro como responsável pela guarda da porta do aprisco das ovelhas (Jo. 10:3; ver também Ed. 7:24). É improdutivo, uma igreja de porta única, com uma quantidade exagerada de porteiros para servir.
Para que precisamos de auxiliares? Há pessoas mencionadas na Bíblia como "cooperadores", no entanto, sem evidência de se referir a um cargo. Eram pessoas que haviam prestado algum tipo de auxílio à alguém, em algum momento específico (Fp. 2:25; At. 20:35). Pode ser até o mes…

Cristo Está Morto! ...de Vergonha.

As Assembleias de Deus na Bahia foi construída sobre os ombros de homens e mulheres altruístas e dedicados que seguiam os conselhos bíblicos com a radicalidade exigida de quem, verdadeiramente, se converteu a Cristo. Foi desta forma que ela cresceu, se consolidou e tornou-se referência de conduta cristã e legítima representante do movimento pentecostal. Seu povo, ordeiro, decente e piedoso, nutria profundo respeito da população por serem responsáveis, honestos, humildes e fiéis.
Mas o crescimento trouxe consigo o desassossego de uma estrutura cada vez maior para suportar um organismo em expansão. A quantidade cada vez maior de congregações exigia mais esforços de sua liderança, pois, com uma administração centralizada, a mobilidade e os recursos passam a ser compartilhados para sustentar a própria estrutura administrativa. É essa estrutura administrativa que, no afã de conceder segurança futura aos seus ministros, fundam uma associação de pastores, conhecida como Convenção.
Órgão com ab…

Quatro Pilares Para Uma Família Feliz

Família é a reunião de pessoas formada a partir da união de dois indivíduos distintos que resolvem, por livre e espontânea vontade, unir-se com vistas a alcançar um objetivo comum: viver suas vidas, amparadas, um pelo outro, superando os desafios até a conclusão de sua jornada terrena.
Mas, afinal, quais os ingredientes necessários para um bom casamento? Quais os elementos que compõem uma família feliz? O que precisamos fazer para que nosso lar seja um lugar onde as pessoas se sintam bem em estar e desejem em todo tempo, desfrutar? Muitas ações, hoje, estão voltadas para correção de relacionamentos, porém, acredito que maior ênfase deve ser dada a prevenção. Compreender o que é um casamento, obter o preparo adequado e esforçar-se por cumprir seu papel nesta relação.
É claro que não existe uma fórmula mágica que, adotada, faz, instantaneamente, que tornemos nossa família feliz. Por favor, não confundamos família feliz com família perfeita. Uma família perfeita não existe e não é possível…