segunda-feira, 25 de junho de 2012

Tenho a Sensação de Que Deus Está Cansado e Irritado!


Ouvi a palavra do Senhor, vós poderosos das religiões no Brasil e no mundo; ouçam os conselhos de Deus, ó povo cristão.

De que me serve a mim a multidão de vossas indulgências, diz o Senhor? Já estou farto das vossas obrigações e das exigências dos vossos votos de avareza; não me agrada mais o trabalho mercantilista de vossas mãos, nem as vossas farras disfarçadas de vigílias, nem as feiticeiras correntes de orações ao nada.

Quem requereu de vós vir a minha presença, ao meu lugar santo, com estas obrigações inócuas? Parem de trazer essas ofertas vãs; a música trombeteira profana que vocês executam nos dias de hoje é para mim abominação, e os aniversários de grupos, de templos, e os vossos domingos, e a reunião em assembleias debilerativas; não posso suportar um bando de pecadores contumazes, nem mesmo em reunião solene.

As vossas profetadas, e as vossas celebrações ao ego humano, essa vossa idolatria moderna, a minha alma as odeia; já me são pesadas; já estou cansado de as sofrer. Por isso, quando estendeis as vossas mãos, escondo de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis a quantidade de vosso tempo dedicado as orações, não as ouvirei, porque o vosso comportamento contradiz o caminhar piedoso de quem quer me adorar, servir e seguir.

Parem! Arrependam-se! Interrompam a prática da maldade, da ganância, da avareza, do egoísmo e da profanação do que me é sagrado.

Parem de fazer o mal!!!

Lembrem-se, fazer o bem é agir com justiça; é preferir ajudar o oprimido invés de contruir templos suntuosos; é preferir amparar o órfão, invés de fazer implante de cabelos ou adquirir relógios ou jóias; é priorizar a causa das viúvas em detrimento da aquisição do carro com luxo desnecessário.

Façam isto primeiro e depois venham perante Mim, diz o Senhor: ainda que vossas atitudes ao longo destes anos tenham sido terríveis para mim, Eu vos perdoarei; ainda que tenham deixado muitos doentes e mortos, Eu apagarei vossas máculas e vos livrarei do sangue tingido em vossas vestes.

Mas, lembrem-se: "não basta querer, tem que fazer as obras de justiça" que vos recomendo, pois, assim, Eu cuidarei que vivam com o melhor desta terra. Mas se continuarem a fazer pouco caso das minhas recomendações, se continuarem a usar meu Nome em benefício próprio, Eu não impedirei que sejais devorados à espada; porque a boca do Senhor o disse.

Como se prostituiu o meu povo! Eles que se esforçavam para uma vida reta! que tinham o bom senso e o amor como marcas visíveis de suas congregações, agora matam-se uns aos outros por dinheiro, por templos, por cargos, por pessoas. Colocaram aquilo que é desprezível como um valor maior que a dignidade, a humildade e a compaixão; é por isto que a vossa alegria, antes genuina, agora é misturada com angústia e dor.

O meu povo está assim porque seguem líderes que se rebelaram contra mim e se tornaram companheiros de ladrões; cada um deles coloca em primeiro lugar o desfrutar da lã, do leite e do couro das minhas ovelhas, e só anunciam a minha Palavra se houver recompensa pessoal; os órfãos e as viúvas sofrem aos vossos pés porque não tem dinheiro para lhes pagar os votos.

Portanto diz o Senhor, o Senhor dos Exércitos, o Forte de Israel: Ah! cobrarei de vocês, e retribuirei a cada um que mudou de lado e se tornou meu inimigo”.

(Baseado em Isaías 1:10-24).

Deus está sofrendo com a nossa falsa cristandade, com nossa hipocrisia, com nossas máscaras e nossos falsos cultos.

Oh! Deus, tenha misericórdia de nós!!!

Um comentário:

Cleovano disse...

Como diria Elis Regina:
Deus esta conoso...
Até o pescoço. Já não guenta mais.